Pelourinho (40 dicas, 87 fotos)

Já esteve lá? Envie suas dicas
Gravação do Olodum no Pelourinho
Enviada por Ana ClaudiaENVIE SUAS FOTOS
Gravação do Olodum no Pelourinho
  1. Gravação do Olodum no Pelourinho
  2. Conectado nas Ruas do Pêlo
  3. Museu da Cidade
  4. Não sei o nome da Rua, mas é linda!
  5. Manhã no Pelourinho
  6. Músicos garantem a animação Circuito Jorge Amado
  7. Gabriela é presença garantida no Circuito Jorge Amado
  8. Largo do Pelourinho descortina igrejas
  9. Ladeiras repletas de cores e logas
  10. Ensaio do Olodum: festa garantida no Pelourinho
  11. Ladeira do Pelourinho
  12. Lindo!
  13. Casa do Olodum
  14. Patrimonio da Humanidade
  15. Um belo visual.
  16. Venha conhecer este lugar.
  17. Uma bela manhã em um belo lugar!
  18. Muitas ladeiras. Um passeio imperdível.
  19. Enfeitado de festa junina
  20. Visual Maravilhoso
  21. Orixás sempre presentes nas obras de Jorge Amado
  22. Baianas participam do divertido cortejo do Circuito Jorge Amado
  23. Quincas Berro D´Água e sua turma do barulho no Circuito Jorge Amado
  24. Museu da Cidade e Casa de Jorge Amado no Largo do Pelô
  25. O Pelô...
  26. Pelourinho (Salvador)
  27. Passeio de Carro
  28. Passeio de Carro
  29. Passeio de Carro
  30. Batuque envolvente
  31. Enquanto passa uma procissão ao fundo
  32. Vamos desbravar a cidade
  33. Casas Coloridas
  34. Igreja de São Francisco
  35. Casa de Jorge Amado
  36. Tour Histórico pelo Pelourinho
  37. Passeio
  38. Casa do Olodum
  39. Vielas do Pelourinho
  40. Vielas do Pelourinho
  41. Vielas do Pelourinho
  42. Câmara de Vereadores
  43. Detalhe da riquíssima arquitetura do Pelourinho em Salvador
  44. Pelourinho
  45. A alma da Bahia
  46. Cores da Bahia
  47. Pelourinho devidamente enfeitado para São João
  48. Local histórico...
  49. Igreja São Francisco de Assis: linda por fora e magnífica por dentro
  50. Passeio pelo Pelourinho
  51. Batuque na ladeira
  52. Pôr do sol na ladeira
  53. Salvador Vista do Pelourinho
  54. Pelourinho
  55. Vista da Casa de Jorge Amado
  56. Uma das muitas ruas com casarões históricos
  57. Fundação Casa de Jorge Amado e Museu da Cidade
  58. Cartão Postal
  59. Andando Pela Historia
  60. Senac
  61. Centro
  62. Centro Histórico
  63. Ruas do Pelourinho
  64. Terça - Dia da Benção
  65. Fundação Casa de Jorge Amado
  66. Vale a pena conhecer!
  67. Que vista linda!
  68. Uma obra extraordinária
  69. Ruas do Pelô
  70. Vista do Eforte
  71. Vista do Elevador Lacerda
  72. Vista do Eforte
  73. Ruas do Pelourinho
  74. Detalhe da torre da igreja de Nossa Senhora dos Pretos, no Pelourinho.
  75. Cores que alegram
  76. Com o Olodum!
  77. Prestigie os músicos do Olodum ao longo da ladeira.
  78. Igreja de S. Francisco
  79. Dia chuvoso porém não menos encantador no Pelô
  80. Este lugar é muito legal.
  81. Um belo visual
  82. Vista do corredor do Elevador Lacerda
  83. Baiana
  84. Agitação na noite de Salvador.
  85. Bar no meio da rua
  86. Lugar que tem um clima, um encanto, que não existe em nenhum lugar do mundo
  87. Elevador Lacerda e Mercado Modelo

Pelourinho

Por Editoria Férias Brasil

Nenhum outro lugar reflete tão bem a alma da Bahia quanto o Pelourinho. Considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o bairro na Cidade Alta, tem mais de 800 casarões dos séculos 17 e 18. Vielas, ladeiras e largos concentram igrejas, museus, restaurantes, lojas e um vaivém de gente de Salvador, do Brasil e do mundo. 

O bairro histórico merece uma visita, em especial às terças-feiras. Nestes dias, além de bater perna sem pressa, em busca da história, das riquezas arquitetônicas e do artesanato, os visitantes podem assistir uma missa ao som de batuque na igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, às 18h. 

O agito continua com o show do cantor Gerônimo, que se apresenta no Largo Pedro Arcanjo. No verão, duas terças-feiras por mês (batizadas de "Terça da Bênção"), tem ainda apresentações do Olodum e de várias bandas de percussão pelas escadarias e largos como Teresa Batista, Quincas Berro d´Água, do Pelourinho, além do Terreiro de Jesus.

Para quem curtir um agito nos arredores do Pelourinho, a boa é a Rua de Santo Antônio Além do Carmo. Vá no fim do dia, para apreciar o pôr do sol na Baía de Todos-os-Santos do alto, nos muitos café e barzinhos instalados em pousadinhas coloridas. À noite, o movimento aumenta, com a abertura de bares e restaurantes que espalham mesinhas na calçada.


  • Obs:

    Convém estar preparado para o assédio de guias, de vendedores ambulantes e de pedintes

Outras atrações em:

Já esteve lá? Envie suas dicas
Dicas sobre Pelourinho (40)Enviadas por quem já esteve lá

Muito cuidado

Usuário sem foto
Dica enviada por CARINA E ROGERIO
Esteve lá a dois em Abril/2011 e achou Bom
Vale a pena conhecer!

Vale a pena conhecer!

O Pelourinho é lindo, o passeio pelas ruas vale a pena. Você pode comprar lembrancinhas com preços bem em conta, almoçar bem, visitar construções lindíssimas, além de fazer fotos maravilhosas. O grande problema é chegar até lá sem ser abordado por milhares de ambulantes. Não adianta você dizer não, eles o cercam de tal maneira que você não consegue dar dois passos sem ser interrompida por eles.

O jeito é colocar logo a fitinha e comprar um badulaque que eles vendem(um colar) pendure logo no pescoço e aí você estará livre, pois todos os outros verão que você já foi sacaneado. Além disso, tranque a respiração pois até o pessoal que faz a limpeza das ruas passar por ali, o fedor de urina é horrivel, a sujeira nem se fala. Tivemos a infelicidade de um rapaz nos pedir dinheiro quando chegamos e por termos negado ele ficou nos dizendo milhares de palavrões e ameaças e após o passeio, o mesmo rapaz, estava nos esperando dizendo as mesmas grosserias.

Talvez se houvesse um melhor policiamento no local, os turistas realmente poderiam aproveitar com mais tranquilidade esse ponto turístico que recebe turistas de todo mundo. Bom, tirando isso pelo menos no comércio, dentro do Pelourinho você encontra pessoas atenciosas e gentis com os turistas.
137 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Muito Bom o Local

erisvaldo
Dica enviada por erisvaldo
Esteve lá com amigos em Dezembro/2013 e achou Excelente!
O centro histórico e uma opçao muito boa e agradavel na cidade de salvador um local que conta um pouco da historia da cultura de Salvador vale a pena conferir.
57 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Pelourinho

Usuário sem foto
Dica enviada por Claudia Rocha
Esteve lá sozinho em Fevereiro/2012 e achou Muito bom
Fundação Casa de Jorge Amado

Fundação Casa de Jorge Amado

Se for a Salvador não deixe de ir ao Pelourinho, principalmente na terça-feira, Dia da Benção. O local tem grande circulação de pessoas e show de graça. Não deixe de experimentar também uma bebida chamada Cravinho. Para os bons apreciadores de cachaça é boa pedida.

Quanto a malandragem, bem, existe como em todos os locais é só ficar atento, não tive problema nenhum, estive no local tanto durante o dia como a noite. Não deixe de visitar o Museu Afro-Brasileiro onde estão os painéis de Carybé, é fantástico como o escultor retrata os Orixá, uma riqueza de detalhes maravilhoso.
112 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Ladeiras e artesanato.

Usuário sem foto
Dica enviada por Suzaninha
Esteve lá sozinho em Agosto/2009 e achou Excelente!
Muitas ladeiras. Um passeio imperdível.

Muitas ladeiras. Um passeio imperdível.

Pra quem gosta de subir ladeira e ver artesanato lá é perfeito. Não é perigoso como dizem. As pessoas sempre aumentam a história. O único inconveniente são os garotos que vendem seus artesanatos. Eles te cercam e insistem até você comprar. O pelourinho está sendo restaurado e é um dos pontos turísticos que mais gostei.
125 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Muito bonito

Usuário sem foto
Dica enviada por Sérgio Luiz Viana de Almeida
Esteve lá com a família em Fevereiro/2015 e achou Excelente!
Estive no Pelourinho e achei muito bonito lá, com um valor histórico e cultural inestimável, mas tem que ter pique e pernas pra andar, porque as ladeiras realmente cansam bastante quem não está acostumado. Tem os ambulantes que te abordam oferecendo seus produtos, mas é só ser firme e falar que não quer e eles te deixam em paz. Claro que tem usuários de drogas (como em todo lugar do Brasil), mas nada que estrague o lugar. O único ponto negativo é o fato de ter que pagar para entrar em qualquer igreja de lá. Agora, o que me espanta são pessoas que moram em São Paulo/SP reclamar de cheiro de urina, ou moradores do Rio de Janeiro/RJ reclamar de ambulante. Será que esse povo não tem o costume de andar a pé nas cidades em que moram???
65 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

A saudade é a marca do que e bom. Se não fosse, apenas lembrávamos rejeitando.

Usuário sem foto
Dica enviada por Shirlley Lendra
Esteve lá a dois em Junho/2012 e achou Excelente!
Passei 3 dias nesta cidade maravilhosa. cheguei na sexta- feira à tarde e me despedi( com muita dó) no domingo à noite. primeiro : ao sair do aeroporto tem ônibus que te leva direto para a sé( lugar fim de linha do ônibus, beeem próximo do pelourinho e mt movimentado).

A passagem custa 3,00 reais. As pessoas são muito gentis para passar informações, e não dá para se perdeer. me hospedei no pelourinho, no hotel que era a antiga casa de jorge amado. as ruas do pelô são policiadas, limpas e iluminadas. há sujeiras como em toda cidade grande, mas nada muito exótico. Com relação aos guias turísticos, diga apenas que não aceita as pulseiras, isso basta! o elevador lacerda é muito rápido e custa apenas 0,15 centavos. passei por vários pontos turísticos, entre eles a lagoa do dique do tororó, excelente lugar para tirar fotos andar de pedalinhos. sem contar, que dá para ver o novo estádio para a copa que está em construção ali bem pertinho. fui à rio vermelho, praia muito limpa e linda. lá as pessoas realmente disputam o cliente, comi no ba chamado peróla negra. comida excelente! feita pelo cozinheira e dona do bar, tempero perfeito.

Conheci a praia e o farol da barra, lugares próximos e de excelentes paisagens. a praia de amaralinda, tão falada, é linda e também de alto nível,mt badalada. voltando ao bairro da sé, tem o mercado modelo, ótimo lugar para comprar as lembrancinhas e sempre se pode ''apelar'' para baixar preço. em sua frente tem as baianas fazendo terêres nos cabelos( que eu fiz) eh bem baratinho.e também tem baiana para te dar bençãos com água benta (elas cobram tb). comi vários acarajés, mas o que mais marcou foi o da mari, que até a ana maria braga comeu. eh perfeito, e ela( a mari) é muito simpática.tem a cachaçaria o cravinho, que o nome remete a uma tradicional cachaça de lá feita a base de cravo da índia. particularmente achei muito forte, prefei a chuveirada, queconsiste em uma mistura de todas as cachaças de lá. e acaba sendo mais suaves. as noites são bastante badaladas,no pelô há um pátio que rola músicas ao vivo e de graça, num redunto de barzinhos e tem casas de música afro que também é bem legal.

No geral, salvador é uma capital muito bonita e aconchegante, tem maravilhas e descasos como qualquer cidade grande. ah, não posso esquecer da igreja do bom fim, éh uma pouco distante da sé, mas vale à pena fortalecer sua fé em qualquer lugar, e deixar sua fitinha amarrada lá. no mais, nem tudo dá para ser postado aqui, apenas indo pra saber o que relato. Confiem, vale muito à pena!
305 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Violência em Salvador!

Usuário sem foto
Dica enviada por Gina
Esteve lá com a família em Abril/2015 e achou Péssimo
Estive em Salvador no 19 abril de 2015 e fiquei decepcionada com tamanha violência que presenciei. Optei em ficar em hostel no Pelourinho bem localizado onde eu poderia conhecer melhor a cidade histórica, vivenciar a vida noturna, o entardecer nos diversos bares da região. Contudo, no primeiro jantar ao tentar fotografar pelo celular o casario, o garçom do restaurante me pediu para guardar meu celular devido a violência do local. No dia seguinte, me recusei a comprar os colarzinhos e fitinhas com os vendedores e fui chamada de turista sem dinheiro (aos berros no Largo do Terreiro de Jesus). Fiquei chateada com a situação porém, no mesmo dia, presenciei com outros turistas o mesmo comportamento porque também se recusaram a comprar, além de xingamentos discriminando um casal homossexual que também se recusou. No caminho para o Elevador Lacerda vi que o turista que também estava no mesmo Hostel teve seu colar roubado por 2 rapazes. Tirei foto com uma das mulheres vestidas de baiana e prometi as mesmas que iria dar a contribuição. Contribuição foi a palavra mágica e rapidamente chegaram mais duas baianas. Para a baiana que chamei contribui com R$10,00 para distribuir entre as demais, mas a mesma falou que deveria dar o mesmo valor para as três com tanta insistência que chegamos a discutir e houve mais xingamento na praça. 

A noite sair para comprar acarajé, uma moça que estava no meu lado se recusou a comprar as fitinhas e aí o rapaz chutou uma das pedras soltas do piso nos pés dela. Ao voltar para o hostel, fui perseguida por um rapaz que ao desviar o percurso por diversas vezes o mesmo me perguntou se eu estava achando que ele era ladrão. E aí houve discussão porque eu já estava muito triste e para finalizar perguntei ao rapaz se em algum momento o chamei de ladrão, voltei para o hostel. Neste mesmo momento, o grupo que eu estava e tinha ficado em frente ao hostel foram xingados e ameaçados por um rapaz responsabilizava as deficiências de Salvador aos turistas e que por isso estava armado e iria matar a todos o mesmo também xingou o guia turístico do hostel e ameaçou matá-lo também. Estávamos hospedados ao lado de um posto policial porém nesta hora não estavam por lá. Salvador é muito bonito porém uma parte de seu povo necessitam de correções rigorosas.

Tudo isso ocorreu em um único dia que estive em Salvador que me deixou com péssima impressão e com sentimento de não voltar tão cedo!!
180 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Passeio Péssimo ao Pelourinho

Usuário sem foto
Dica enviada por João Silveira
Esteve lá em Junho/2017 e achou Péssimo
Eu e minha família viemos de BH para conhecer as maravilhas de Salvador, chegando ao PELOURINHO fomos assediados por um jovem que se dizia guia turístico e ia nos conduzir ao estacionamento, mesmo com a informação que somente íamos querer somente estacionar ele insistiu e depois queria cobrar pelos serviços, depois de muita insistência dei 2 reais ele rasgou e jogou fora saindo falando alto com tom de intimidação, ama sumiu no meio das vielas. Ao descer uma viela uma senhora pedindo dinheiro, me agarrou quase que exigindo que eu desse a esmola. 

Na praça onde o Maicon Jackson esteve, fomos atacados por vendedores, fitinhas, um verdadeiro horror, fomos embora assustados, péssima impressão, não recomendo a ninguém ir em Salvador, péssima recepção, falta de educação com os turistas. Chegando ao farol da barra, mesmo assédio de vendedores, baianas querendo tirar fotos e xingando por não aceitarmos. Olha, nunca mais, eu tinha uma idéia e se confirmou, Salvador não é local pra turistas, o Soteropolitano não sabe receber não recomendo
103 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Decadente

Usuário sem foto
Dica enviada por Rafael avancini
Esteve lá a dois em Maio/2013 e achou Ruim
Se possível já chegue ao pelourinho com uma fitinha do senhor do Bonfim. Evita, ao menos 80%, dos ambulantes, mal cheirosos, lhe abordarem. Infelizmente o local esta sujo, largado e inseguro. A noite a iluminação dos monumentos é algo a parte para se ver, mas o risco é alto com tantos delinqüentes na rua a espera dos turistas. Não pretendo voltar e infelizmente a quem me perguntar as dicas não serão boas.
126 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Tudo de bom.

Usuário sem foto
Dica enviada por Caio
Esteve lá com amigos em Agosto/2013 e achou Excelente!
Estive em Salvador com minha esposa e um casal de amigos e fomos visitar o Centro Histórico, onde subimos e descemos as ladeiras do Pelourinho. Confesso que fui meio receoso em função de alguns tópicos que li a respeito do local, mas fiquei surpreso, o lugar está simplesmente limpo, sem o tal cheiro de urina, com muito policial. Claro que tem os vendedores, mas nada de mais. Só tem de cuidar uma rua que desce pois é la que tem os usuarios de droga, mas o proprio pessoal do comercio avisa que não devemos descer. Surpresa tivemos quando fomos na igreja do Bom Fim, lá sim fomos muito assediados por vendedores, te cercam de uma maneira intimidadora, sem contar a decepção quando vimos as escadarias da igreja, são somente dez degraus, não voltaria mais neste lugar.
38 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

< 1 2 3 4 >
Vendo dicas de 11 a 20 de 40

> Veja dicas de viajantes sobre outros locais em Salvador

Descubra mais atrações e informações de Salvador