Dicas da Chapada Diamantina

Enviadas por quem já esteve lá | Já esteve lá? Envie suas dicas


Todas as categorias


Cachoeira do Buracão: parada obrigatória na Chapada Diamantina!
Petrônio
por Petrônio
Esteve lá com a família em 2014 e achou Excelente!
Cachoeira do Buracão vista por cima e de frente
Cachoeira do Buracão vista por cima e de frente Enviada por Petrônio
Amigos viajantes,

Se forem à Chapada Diamantina, não deixem de fazer a trilha até a cachoeira do Buracão. O início da trilha é ao longo do leito do rio Espalhado. Rio de águas negras, como quase todos os rios da Chapada. A trilha é muito agradável, visual único. Ao longo do caminho, vegetação típica do cerrado e de caatinga, uma mistura que só vemos ali. Chegando perto do Buracão, alguns pequenos saltos belíssimos já fazem o aquecimento do que está por vir. Três quilômetros depois, dá para ver a cachoeira por cima. Mas não a veja ainda! Contenha a sua ansiedade, pois quem chegar nesse ponto estará prestes a ver um dos melhores atrativos da Chapada! Primeiro, temos que ver a cachoeira por baixo, e quem já foi sabe o que estou dizendo. Então, é preciso descer uma escadaria de madeira e pegar mais um trecho de trilha para ver a cachoeira por baixo. Chegando na parte baixa desta última trilha, antes mesmo de se deparar com a majestosa cachoeira do Buracão, mais uma surpresa da natureza: a cachoeira do Recanto Verde. Nossa, é uma pequena cachoeira que nasce no meio do imenso paredão de pedra que é a porta de entrada para o Buracão. Até ai, nos perguntamos: será que depois de ver tanta beleza, é possível ainda se surpreender com a cachoeira do Buracão? A resposta é sim! Já na parte baixa, temos que percorrer a nado ou escalando o paredão de pedra que dá acesso a cachoeira de frente! Finalmente, chegando de fato em frente a cachoeira, o sentimento é de felicidade e gratidão por estar naquele lugar! É difícil explicar, mas quem gosta de natureza, quando vê a cachoeira do Buracão, fica sem palavras... É preciso interagir com o lugar, sentir sua força. E que força! Após contemplar o espetáculo, hora de subir até a parte de cima da cachoeira novamente. Com muito cuidado, dá para chegar na beira do imenso penhasco circular, que dá o formato ao vale onde a cachoeira se forma. De preferência, vá com guia. Ele com certeza vai informar o melhor ponto para fotos, pois todo cuidado é pouco ao chegar na beira do penhasco. Nesse ponto, você entende o porquê da cachoeira do Buracão ter esse nome. Bom... tudo isso é um pouco cansativo, mas vale muito a pena! A cidade da cachoeira é Ibicoara. Como me hospedei em Lençóis, fiquei a três horas de viagem de lá. Sendo assim, Melhor se hospedar em Ibicoara. Andei em vários lugares do Brasil, mas este, é um que quero voltar. Recomendo muito este passeio. Agradeço muito a Deus a oportunidade de conhecer este lugar!
142 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Descubra mais atrações e informações da Chapada Diamantina