Por Editoria Férias Brasil

Para curtir as praias de águas doces da Ilha de Marajó e de Alter do Chão, formadas pelas águas do rio Tapajós, programe a viagem para entre os meses de agosto e novembro. Uma dica: vá em dias de semana, para evitar o movimento intenso de sábado e domingo. 

Para a Ilha do Marajó, o melhor transporte é o catamarã Tapajós Express, que leva diretamente à Soure em viagem de duas horas. Já para Alter do Chão, o melhor é ir de avião até Santarém (1h) e percorrer os 30 km até à vila de táxi. 

 

Alter do Chão

#1 de 2 Passeios nos arredores em Belém

Não foi por acaso que Alter do Chão ganhou o apelido de  Caribe Amazônico . As praias da vila, que só aparecem no período de vazante do rio Tapajós, têm águas quentes e em tons de azul-turquesa, além de emolduradas por areias branquinhas. Os barcos de madeira e as barracas de sapê completam o cenário.  leia mais

Ilha de Marajó

#2 de 2 Passeios nos arredores em Belém

A ilha é banhada pelo oceano Atlântico e pelos rios Amazonas e Tocantins, sendo acessível por barco em viagem de três horas partindo de Belém. Entre os programas imperdíveis estão tomar banho nas praias de águas doce e salgada e visitar as fazendas de búfalos - os animais são os símbolos da ilha. leia mais

Ilha de Marajó
Entardecer na beira do rio em Soure Foto: Noslig Rasec

Mais atrações e informações de Belém