Lorena Bortoloti
já enviou 11 dicas

Minhas Dicas (11)

Bento Gonçalves (1), Cambará do Sul (1), Canela (1), Caxias do Sul (1), Curitiba (1) e outras 6 dicas
Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi e Farroupilha em 7 dias
Garibaldi Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

Sem duvida alguma é o melhor roteiro para os amantes de vinho, o Brasil tem ótimos vinho e a maioria deles não é possível conhecer sem que façamos uma viagem para o Sul. 


Confesso que ao programar este roteiro não tinha ideia do que encontraria, em São Paulo onde moro conhecemos alguns vinhos do Sul principalmente das maiores vinícolas, porém não fazia ideia da quantidade de vinhos bons de vinícolas menores que há em Bento Gonçalves. 

Há diversas vinícolas pequenas, geralmente familiar com vinhos maravilhosos que valem apena conhecermos, porém não chegam aos demais estados? O bom é que possuem vendas on line ou por telefone e enviam para qualquer parte do Brasil, então é importante ao provar um vinho que pretenda comprar posteriormente, anotar seus dados ou tirar uma foto para não esquecer depois, pois a variedade é muito grande.

Saímos de Curitiba rumo a Caxias do Sul no dia 13/07 as 3:00 h para conseguimos aproveitar bem o dia, foram 589 km em aproximadamente 10 h contando a parada para o café da manhã na estrada. Viagem longa de carro, um pouco cansativa mas o destino valeu o esforço. Aproximadamente as 7 h quando paramos para o café da manhã o termômetro registrava 0 grau em Santa Catarina?

As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Bento Gonçalves não seria fácil trocar o hotel todos os dias, fomos de Curitiba direto pra Caxias do Sul com toda bagagem no carro e a noite fomos para Bento Gonçalves. Escolhemos um dia para ir para Garibaldi e deixamos Farroupilha para o ultimo dia, saímos de Bento Gonçalves já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Canela.

Dentre tantas vinícolas boas, foi difícil escolher as que visitaríamos, afinal eram apenas 7 dias. Como viajamos com nosso filho, para mim foi importante incluir atrações para ele então selecionei  várias vinícolas com algum diferencial para crianças e que  produzem sucos de uva.

Foram dias bem corridos para conhecermos o máximo de coisas possíveis, foi preciso ligar o cronometro para seguirmos a risca o roteiro. Se eu tivesse a chance de escolher os locais a serem visitados novamente, escolheria exatamente os mesmo, amamos todos eles.

Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, porém tivemos que deixar algumas vinícolas ainda que tivéssemos próximos a elas para o dia seguinte por falta de tempo para visita-las no mesmo dia. Quando montei meu roteiro tive bastante dificuldade de reunir todos os dados das vinícolas, então para facilitar deixei abaixo o endereço, telefone, horários de visitação e valor cobrado em julho de 2018,  porém é bom contata-las antes de ir para confirmar a informação.

O legal de visitarmos varias vinícolas é conhecer a história de cada uma delas, seu processo e maquinário. Todas fabricam vinhos e em parte o processo é o mesmo porém cada uma com seu jeito, seu diferencial. Ao ouvirmos todas as explicações entendemos o que faz cada marca ou variedade de vinho ser diferente um do outro.

A cada prova a vontade de levar mais um para casa? Difícil mesmo foi colocar tanto vinho dentro de um único Sandero levando em consideração que passaríamos mais uns 20 dias viajando pelo Sul e grande parte do trajeto em estrada de terra? No final da viagem tínhamos mais de 50 garrafas espremidas entre a bagagem.
Dicas e informações sobre os pontos turísticos estão no meu blog:
https://euamoviajar.politics.blog/2018/12/06/caxias-do-sul-garibaldi-bento-goncalves-e-farroupilhas-em-7-dias/

O que você achou desta dica? Pouco útil Útil Muito útil

Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Garibaldi e Farroupilha em 7 dias
Bento Gonçalves Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

Sem duvida alguma é o melhor roteiro para os amantes de vinho, o Brasil tem ótimos vinhos e a maioria deles não é possível conhecer sem que façamos uma viagem para o Sul. 

Confesso que ao programar este roteiro não tinha ideia do que encontraria, em São Paulo onde moro conhecemos alguns vinhos do Sul principalmente das maiores vinícolas porém não fazia ideia da quantidade de vinhos bons de vinícolas menores que há em Bento Gonçalves. 

Há diversas vinícolas pequenas, geralmente familiar com vinhos maravilhosos que valem apena conhecermos, porém não chegam aos demais estados? O bom é que possuem vendas on line ou por telefone e enviam para qualquer parte do Brasil, então é importante ao provar um vinho que pretenda comprar posteriormente, anotar seus dados ou tirar uma foto para não esquecer depois pois a variedade é muito grande. 

Saímos de Curitiba rumo a Caxias do Sul no dia 13/07 as 3:00 h para conseguimos aproveitar bem o dia, foram 589 km em aproximadamente 10 h contando a parada para o café da manhã na estrada. Viagem longa de carro, um pouco cansativa mas o destino valeu o esforço.

Aproximadamente as 7 h quando paramos para o café da manhã o termômetro registrava 0 grau em Santa Catarina? As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Bento Gonçalves não seria fácil trocar o hotel todos os dias, fomos de Curitiba direto pra Caxias do Sul com toda bagagem no carro e a noite fomos para Bento Gonçalves.

Escolhemos um dia para ir para Garibaldi e deixamos Farroupilha para o ultimo dia, saímos de Bento Gonçalves já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Canela. Dentre tantas vinícolas boas, foi difícil escolher as que visitaríamos, afinal eram apenas 7 dias. Como viajamos com nosso filho, para mim foi importante incluir atrações para ele então selecionei várias vinícolas com algum diferencial para crianças e que produzem sucos de uva.

Foram dias bem corridos para conhecermos o máximo de coisas possíveis, foi preciso ligar o cronometro para seguirmos a risca o roteiro. Se eu tivesse a chance de escolher os locais a serem visitados novamente, escolheria exatamente os mesmo, amamos todos eles. 

Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, porém tivemos que deixar algumas vinícolas ainda que tivéssemos próximos a elas para o dia seguinte por falta de tempo para visita-las no mesmo dia. 

O legal de visitarmos varias vinícolas é conhecer a história de cada uma delas, seu processo e maquinário. Todas fabricam vinhos e em parte o processo é o mesmo porém cada uma com seu jeito, seu diferencial. Ao ouvirmos todas as explicações entendemos o que faz cada marca ou variedade de vinho ser diferente um do outro. 

A cada prova a vontade de levar mais um para casa? Difícil mesmo foi colocar tanto vinho dentro de um único Sandero levando em consideração que passaríamos mais uns 20 dias viajando pelo Sul e grande parte do trajeto em estrada de terra? No final da viagem tínhamos mais de 50 garrafas espremidas entre a bagagem.

Dicas e informações sobre os pontos turísticos estão no meu blog:
https://euamoviajar.politics.blog/2018/12/06/caxias-do-sul-garibaldi-bento-goncalves-e-farroupilhas-em-7-dias/

3 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Cambara Do Sul em 2 dias
Cambará do Sul Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

Cambará do Sul é uma cidade pequena totalmente voltada para o turismo nos cânions e cachoeiras. Não há palavras para descrever a beleza destas maravilhas esculpidas pela ação do tempo. Há alguns anos meu sonho era conhecer os famosos Cânions do Sul do Brasil, finalmente o sonho foi realizado.


Em julho, apesar das férias escolares a cidade e os pontos turísticos não estavam muito cheios como Gramado e Canela. O frio nesta época do ano é bem intenso, bom levar roupas confortáveis para andar, porém que agasalhem bastante. Importante levar pelo menos 2 pares de tênis pois vai molhar em quase todas as trilhas e no inverno não seca rápido, então deixe um apenas para fazer as trilhas.

Saímos de São Francisco de Paula rumo a Cambará do Sul no dia 26/07/18 as 15:00 h, foram 71,7 km em aproximadamente 1:30 h.

Ao chegarmos em Cambará fomos direto para a pousada após ternos aproveitado bem o dia em Gramado e São Francisco de Paula, nos instalamos na pousada e saímos para jantar, por ser quinta feira andamos bastante de carro e encontramos apenas um restaurante aberto.

Depois de Cambará do Sul nosso destino foi São José dos Ausentes em 1 dia, então reservamos 3 diárias em Cambará. No dia 29/07/18 saímos da Pousada por volta das 09:00 h com todas as malas no carro rumo a um dia de muitas aventuras.

É uma boa opção para os que curtem caminhada e a natureza, atraí os turistas desde casais de namorados aproveitando cenário romântico dos cânions com as baixas temperaturas do inverno até as crianças encantadas com a perfeição da natureza.

Lugar perfeito para fazer as trilhas e depois sentar a beira do precipício para descansar e ficar o máximo de tempo possível sentindo o vento batendo no rosto e admirando a imensidão a nossa frente.

Aconselho ir aos cânions com roupas apropriadas para caminhar. O ideal é calça legue ou moletom, tênis leve de secagem rápida e que não escorregue, camiseta e blusa de moletom, ainda que o dia esteja quente, pois devido à altitude venta bastante e o tempo muda bruscamente então a coloque na mochila, pois pode ser necessária, eu pessoalmente senti muito frio.

Importante levar água e caso pretenda passar um pouco mais de tempo lanche, pois não há lanchonete ou restaurante perto dos cânions. Há banheiro apenas na entrada. Não esquecer a máquina fotográfica, para registrar cada detalhe.

Não precisamos contratar guia em nenhum dos passeios que fizemos. Fomos de carro 1.0, fizemos as trilhas todas auto guiadas e bem sinalizadas com uma criança tranquilamente. É preciso ter muito cuidado com as crianças na beira dos cânions, muito cuidado mesmo.

Na cidade há algumas agências de turismo com guias e carros 4×4 caso achem necessário. Uma das agencias que encontramos num dos cânions nos ofereceu o passeio para cachoeira Passo do S, esta só pode ser visitada com carro 4×4, preferimos seguir nosso próprio roteiro.

As estradas para os cânions e cachoeiras têm vários quilômetros em estradas de terra em boas condições. A pior que encontramos foi parte da estrada para o cânion fortaleza. Fomos numa época de chuva e não tivemos problema para chegar aos pontos turísticos escolhidos.

Importante saber que os cânions são imprevisíveis então é bom ter um dia sobrando na programação. A neblina aparece e toma conta da paisagem numa rapidez impressionante. Tivemos muita sorte, pois conseguimos ver os dois cânions, porém no Fortaleza tivemos que retornar  no dia seguinte para vê-lo melhor, o que nos obrigou a retirar do roteiro as trilhas da Cachoeira do Tigre e da Pedra do Segredo.

Dividi os pontos turísticos da seguinte  forma, um cânion e uma cachoeira por dia, as várias pesquisas que fiz indicam que a visita aos cânions deve ser feita no período da manhã, pois a neblina ainda está baixa, lá descobri que não existe regra para isso, num dia fomos de manhã ao Cânion Fortaleza e ele estava todo coberto pela neblina, ficamos lá umas 2 h e só fechou ainda mais, no dia seguinte fomos próximo ao horário do almoço e ele estava totalmente visível.

Dicas e informações sobre os pontos turísticos estão no meu blog: https://euamoviajar.politics.blog/2019/01/17/cambara-do-sul-em-3-dias/

5 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Urubici em 2 dias
Urubici Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

Uribici, uma cidade pequena próxima à divisa dos estados de Rio Grande do Sul e Santa Catarina voltada para o turismo em cânion, cachoeiras e montanha.

A cidade localizada nas Serras de Santa Catarina é famosa pelas baixas temperaturas e por nevar no inverno,é uma ótima opção pra quem quer curtir o frio. Em todas as estações do ano atrai pessoas amantes da natureza de todas as idades. É uma boa opção para quem curte caminhada e belas paisagens.

Separei dois dias para desfrutar desta linda cidade e seus atrativos, dentre tantas montanhas, serras, cachoeiras e cânion foi difícil escolher os pontos turísticos.

Fomos ao final de julho e apesar das férias escolares a cidade, a pousada e os pontos turísticos estavam vazios. O frio nesta época do ano é bem intenso, porém infelizmente não pegamos neve. Bom levar roupas confortáveis para andar, porém que agasalhem bastante.

Minha primeira ideia foi o Cânion do Espraiado há 40 km do centro de Urubici possui uma altitude de 1.850 metros. Para chegar nele deve-se seguir a estrada de acesso a Serra do Corvo Branco, alguns Km após o inicio da estrada de chão, na primeira bifurcação, entrar à esquerda e seguir reto até a Pousada Refúgio da Montanha.


O percurso total a pé é de aproximadamente 26 km, fomos orientados a contratar um guia e um veiculo 4X4, até mesmo porque estávamos com uma criança de 7 anos. Uma boa ideia é solicitar indicação sobre o guia a pousada. Como teríamos apenas 48 h em Uribici, optamos por não visitar o Cânion Espraiado e aproveitar os demais pontos turísticos tranquilamente com nosso carro 1.0 que apesar das estradas de terra, andou super bem.

Outra opção para quem tiver mais tempo é o Sítio Sete Quedas com pousada e cachoeiras, fomos informados pelo proprietário que boa parte da trilha das cachoeiras é dentro da água na altura dos pés o que a torna escorregadia e não recomendado para crianças e idosos, o valor da entrada é R$ 5,00. 

Saímos de Silveira em São José dos Ausentes-RS rumo a Urubici-SC no dia 30/07/18 as 11:00 h. Foram 111 km em duas horas, a estrada até São Joaquim 53 km apesar de ser de terra é bem tranquila.

Paramos para abastecer e almoçar em São Joaquim, nosso combustível estava quase no fim já que não abastecíamos desde que saímos Cambará do Sul com o tanque pela metade? Não imaginávamos que em Silveira não tem posto de gasolina.

Dicas e detalhes de cada ponto turístico estão no meu blog: https://euamoviajar.politics.blog/2019/02/12/urubici-em-2-dias/

1 pessoa achou esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Canela, Gramado, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula em 7 dias
Nova Petrópolis Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

As famosas cidades da Serra Gaúcha são totalmente voltadas para o turismo, repletas de bons restaurantes, hotéis e diversas atrações para todos os gostos e bolsos. Lindas e bem jardinadas encantam os turistas de todas as idades.

Em julho, época de férias escolares é um destino bem disputado entre os turistas desde casais de namorados aproveitando o clima romântico do inverno com baixa temperatura que muitas vezes chega a nevar para desfrutarem de fondues, lareiras, vinhos e queijos até crianças encantadas com a magia dos parques, museus e muito chocolate.


O lado ruim desta época tão procurada é o transito, a dificuldade de encontrar lugar para estacionar o carro, preços mais altos cobrados nos hotéis, nos restaurantes e nas atrações turísticas, suas fotos repletas de pessoas no fundo e as filas para entrar nas atrações, contudo ficamos encantados.

Canela e São Francisco de Paula encantam por serem cidades repletas de atrações naturais como parques, cânions, cachoeiras, já em Gramado temos grande variedade de museus, lojas de roupas, lojas e fabricas de chocolates decoradas, já Nova Petrópolis é uma cidade tipicamente alemã. São Francisco de Paula e Nova Petrópolis são menos movimentadas que Gramado e Canela.

Saímos de Farroupilha rumo a Canela no dia 19/07/18 as 17:00 h, foram 97,4 km em aproximadamente 2:10 h.

As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Canela, fomos direto para a pousada após termos aproveitado bem o dia em Farroupilha. Separei 3 dias para aproveitarmos Canela, 2 dias para Gramado, 1 dia para Nova Petrópolis e o último dia para São Francisco de Paula, saímos de Canela de manhã já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Cambara Do Sul.

Pouco tempo para tantas atrações, foi preciso cortar algumas atrações do roteiro e acelerar o passo para dar tempo de visitar tudo planejado. Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, alguns por nível de dificuldade, quando se está com criança fica cansativo fazer trilha o dia todo então ainda que próximos dividi em dois dias.

Quem viaja para as Serras Gaúchas não pode deixar de provar alguns pratos realmente típicos da região, então, sugiro incluir no roteiro pelo menos um café colonial alemão, uma churrascaria gaúcha com costela fogo de chão, um rodizio ou sequencia de fondue, um restaurante de comida típica alemã, pinhão que é vendido cru ou cozido na estrada que vai para o parque do caracol em barraquinhas no acostamento, um belo chocolate quente e outras delicias de chocolate.


http://euamoviajar.politics.blog/2018/12/20/canela-gramado-nova-petropolis-e-sao-francisco-de-paula-em-7-dias

O que você achou desta dica? Pouco útil Útil Muito útil

Canela, Gramado, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula em 7 dias
São Francisco de Paula Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

As famosas cidades da Serra Gaúcha são totalmente voltadas para o turismo, repletas de bons restaurantes, hotéis e diversas atrações para todos os gostos e bolsos. Lindas e bem jardinadas encantam os turistas de todas as idades.

Em julho, época de férias escolares é um destino bem disputado entre os turistas desde casais de namorados aproveitando o clima romântico do inverno com baixa temperatura que muitas vezes chega a nevar para desfrutarem de fondues, lareiras, vinhos e queijos até crianças encantadas com a magia dos parques, museus e muito chocolate. 


O lado ruim desta época tão procurada é o transito, a dificuldade de encontrar lugar para estacionar o carro, preços mais altos cobrados nos hotéis, nos restaurantes e nas atrações turísticas, suas fotos repletas de pessoas no fundo e as filas para entrar nas atrações, contudo ficamos encantados.

Canela e São Francisco de Paula encantam por serem cidades repletas de atrações naturais como parques, cânions, cachoeiras, já em Gramado temos grande variedade de museus, lojas de roupas, lojas e fabricas de chocolates decoradas, já Nova Petrópolis é uma cidade tipicamente alemã. São Francisco de Paula e Nova Petrópolis são menos movimentadas que Gramado e Canela.

Saímos de Farroupilha rumo a Canela no dia 19/07/18 as 17:00 h, foram 97,4 km em aproximadamente 2:10 h.

As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Canela, fomos direto para a pousada após termos aproveitado bem o dia em Farroupilha. Separei 3 dias para aproveitarmos Canela, 2 dias para Gramado, 1 dia para Nova Petrópolis e o último dia para São Francisco de Paula, saímos de Canela de manhã já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Cambara Do Sul.

Pouco tempo para tantas atrações, foi preciso cortar algumas atrações do roteiro e acelerar o passo para dar tempo de visitar tudo planejado. Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, alguns por nível de dificuldade, quando se está com criança fica cansativo fazer trilha o dia todo então ainda que próximos dividi em dois dias.

Quem viaja para as Serras Gaúchas não pode deixar de provar alguns pratos realmente típicos da região, então, sugiro incluir no roteiro pelo menos um café colonial alemão, uma churrascaria gaúcha com costela fogo de chão, um rodizio ou sequencia de fondue, um restaurante de comida típica alemã, pinhão que é vendido cru ou cozido na estrada que vai para o parque do caracol em barraquinhas no acostamento, um belo chocolate quente e outras delicias de chocolate.


http://euamoviajar.politics.blog/2018/12/20/canela-gramado-nova-petropolis-e-sao-francisco-de-paula-em-7-dias

O que você achou desta dica? Pouco útil Útil Muito útil

Canela, Gramado, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula em 7 dias
Gramado Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

As famosas cidades da Serra Gaúcha são totalmente voltadas para o turismo, repletas de bons restaurantes, hotéis e diversas atrações para todos os gostos e bolsos. Lindas e bem jardinadas encantam os turistas de todas as idades.

Em julho, época de férias escolares é um destino bem disputado entre os turistas desde casais de namorados aproveitando o clima romântico do inverno com baixa temperatura que muitas vezes chega a nevar para desfrutarem de fondues, lareiras, vinhos e queijos até crianças encantadas com a magia dos parques, museus e muito chocolate. O lado ruim desta época tão procurada é o transito, a dificuldade de encontrar lugar para estacionar o carro, preços mais altos cobrados nos hotéis, nos restaurantes e nas atrações turísticas, suas fotos repletas de pessoas no fundo e as filas para entrar nas atrações, contudo ficamos encantados.

Canela e São Francisco de Paula encantam por serem cidades repletas de atrações naturais como parques, cânions, cachoeiras, já em Gramado temos grande variedade de museus, lojas de roupas, lojas e fabricas de chocolates decoradas, já Nova Petrópolis é uma cidade tipicamente alemã. São Francisco de Paula e Nova Petrópolis são menos movimentadas que Gramado e Canela.

Saímos de Farroupilha rumo a Canela no dia 19/07/18 as 17:00 h, foram 97,4 km em aproximadamente 2:10 h.

As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Canela, fomos direto para a pousada após termos aproveitado bem o dia em Farroupilha. Separei 3 dias para aproveitarmos Canela, 2 dias para Gramado, 1 dia para Nova Petrópolis e o último dia para São Francisco de Paula, saímos de Canela de manhã já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Cambara Do Sul.

Pouco tempo para tantas atrações, foi preciso cortar algumas atrações do roteiro e acelerar o passo para dar tempo de visitar tudo planejado. Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, alguns por nível de dificuldade, quando se está com criança fica cansativo fazer trilha o dia todo então ainda que próximos dividi em dois dias.

Quem viaja para as Serras Gaúchas não pode deixar de provar alguns pratos realmente típicos da região, então, sugiro incluir no roteiro pelo menos um café colonial alemão, uma churrascaria gaúcha com costela fogo de chão, um rodizio ou sequencia de fondue, um restaurante de comida típica alemã, pinhão que é vendido cru ou cozido na estrada que vai para o parque do caracol em barraquinhas no acostamento, um belo chocolate quente e outras delicias de chocolate.


http://euamoviajar.politics.blog/2018/12/20/canela-gramado-nova-petropolis-e-sao-francisco-de-paula-em-7-dias

10 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Canela, Gramado, Nova Petrópolis e São Francisco de Paula em 7 dias
Canela Esteve lá em Julho/2018 e achou Excelente!

As famosas cidades da Serra Gaúcha são totalmente voltadas para o turismo, repletas de bons restaurantes, hotéis e diversas atrações para todos os gostos e bolsos. Lindas e bem jardinadas encantam os turistas de todas as idades.

Em julho, época de férias escolares é um destino bem disputado entre os turistas desde casais de namorados aproveitando o clima romântico do inverno com baixa temperatura que muitas vezes chega a nevar para desfrutarem de fondues, lareiras, vinhos e queijos até crianças encantadas com a magia dos parques, museus e muito chocolate. O lado ruim desta época tão procurada é o transito, a dificuldade de encontrar lugar para estacionar o carro, preços mais altos cobrados nos hotéis, nos restaurantes e nas atrações turísticas, suas fotos repletas de pessoas no fundo e as filas para entrar nas atrações, contudo ficamos encantados.

Canela e São Francisco de Paula encantam por serem cidades repletas de atrações naturais como parques, cânions, cachoeiras, já em Gramado temos grande variedade de museus, lojas de roupas, lojas e fabricas de chocolates decoradas, já Nova Petrópolis é uma cidade tipicamente alemã. São Francisco de Paula e Nova Petrópolis são menos movimentadas que Gramado e Canela.

Saímos de Farroupilha rumo a Canela no dia 19/07/18 as 17:00 h, foram 97,4 km em aproximadamente 2:10 h.

As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Canela, fomos direto para a pousada após termos aproveitado bem o dia em Farroupilha. Separei 3 dias para aproveitarmos Canela, 2 dias para Gramado, 1 dia para Nova Petrópolis e o último dia para São Francisco de Paula, saímos de Canela de manhã já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Cambara Do Sul.

Pouco tempo para tantas atrações, foi preciso cortar algumas atrações do roteiro e acelerar o passo para dar tempo de visitar tudo planejado. Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, alguns por nível de dificuldade, quando se está com criança fica cansativo fazer trilha o dia todo então ainda que próximos dividi em dois dias.

Quem viaja para as Serras Gaúchas não pode deixar de provar alguns pratos realmente típicos da região, então, sugiro incluir no roteiro pelo menos um café colonial alemão, uma churrascaria gaúcha com costela fogo de chão, um rodizio ou sequencia de fondue, um restaurante de comida típica alemã, pinhão que é vendido cru ou cozido na estrada que vai para o parque do caracol em barraquinhas no acostamento, um belo chocolate quente e outras delicias de chocolate.


http://euamoviajar.politics.blog/2018/12/20/canela-gramado-nova-petropolis-e-sao-francisco-de-paula-em-7-dias

1 pessoa achou esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Caxias do Sul, Garibaldi, Bento Gonçalves e Farroupilhas em 7 dias
Caxias do Sul Esteve lá com a família em Julho/2018 e achou Excelente!

Sem duvida alguma é o melhor roteiro para os amantes de vinho, o Brasil tem ótimos vinho e a maioria deles não é possível conhecer sem que façamos uma viagem para o Sul. 


Confesso que ao programar este roteiro não tinha ideia do que encontraria, em São Paulo onde moro conhecemos alguns vinhos do Sul principalmente das maiores vinícolas porém não fazia ideia da quantidade de vinhos bons de vinícolas menores que há em Bento Gonçalves. 

Há diversas vinícolas pequenas, geralmente familiar com vinhos maravilhosos que valem apena conhecermos, porém não chegam aos demais estados? O bom é que possuem vendas on line ou por telefone e enviam para qualquer parte do Brasil, então é importante ao provar um vinho que pretenda comprar posteriormente, anotar seus dados ou tirar uma foto para não esquecer depois pois a variedade é muito grande. 

Saímos de Curitiba rumo a Caxias do Sul no dia 13/07 as 3:00 h para conseguimos aproveitar bem o dia, foram 589 km em aproximadamente 10 h contando a parada para o café da manhã na estrada. Viagem longa de carro, um pouco cansativa mas o destino valeu o esforço.

Aproximadamente as 7 h quando paramos para o café da manhã o termômetro registrava 0 grau em Santa Catarina? As quatro cidades são bem próximas então nos hospedamos em Bento Gonçalves não seria fácil trocar o hotel todos os dias, fomos de Curitiba direto pra Caxias do Sul com toda bagagem no carro e a noite fomos para Bento Gonçalves.

Escolhemos um dia para ir para Garibaldi e deixamos Farroupilha para o ultimo dia, saímos de Bento Gonçalves já com a bagagem no carro pois a noite partimos para Canela. Dentre tantas vinícolas boas, foi difícil escolher as que visitaríamos, afinal eram apenas 7 dias. Como viajamos com nosso filho, para mim foi importante incluir atrações para ele então selecionei várias vinícolas com algum diferencial para crianças e que produzem sucos de uva.

Foram dias bem corridos para conhecermos o máximo de coisas possíveis, foi preciso ligar o cronometro para seguirmos a risca o roteiro. Se eu tivesse a chance de escolher os locais a serem visitados novamente, escolheria exatamente os mesmo, amamos todos eles. 

Separei os pontos a serem visitados na grande maioria por proximidade, porém tivemos que deixar algumas vinícolas ainda que tivéssemos próximos a elas para o dia seguinte por falta de tempo para visita-las no mesmo dia. 

O legal de visitarmos varias vinícolas é conhecer a história de cada uma delas, seu processo e maquinário. Todas fabricam vinhos e em parte o processo é o mesmo porém cada uma com seu jeito, seu diferencial. Ao ouvirmos todas as explicações entendemos o que faz cada marca ou variedade de vinho ser diferente um do outro. 

A cada prova a vontade de levar mais um para casa? Difícil mesmo foi colocar tanto vinho dentro de um único Sandero levando em consideração que passaríamos mais uns 20 dias viajando pelo Sul e grande parte do trajeto em estrada de terra? No final da viagem tínhamos mais de 50 garrafas espremidas entre a bagagem. 

3 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Passeio de Trem Curitiba Morretes - Curitiba e Morretes em 3 dias
Morretes Esteve lá com a família em Julho/2018 e achou Excelente!

Passeio de Trem por do sol Curitiba-Morretes-Curitiba:
Existem várias opções para este passeio, eu fechei com a agencia Serra Verde Express que opera os trens turísticos neste trecho. Há opções ida de trem e retorno de van, ida de van e retorno de trem ou ir apenas um dos trechos de trem e o outro por conta com ônibus da empresa Graciosa.


Dentre as opções disponíveis me interessei pelo pacote por do sol, ida de van e retorno de trem. Fantástico, lindas paisagens tanto na ida de van, como na volta de trem com a vista do por do sol.
Saída de Curitiba as 9:30 h, retorno as 15 h, chegada em Curitiba as 19 h.

A cidade Morretes é encantadora, um verdadeiro charme, valeu cada minuto do passeio.
Para almoçar escolhemos o Café Bar e Restaurante Beira Rio com a linda vista do rio, tinha até rede para admirar a linda paisagem antes de o prato chegar.

Quem vai a Morretes não pode deixar de provar o famoso prato típico da região Barreado, claro que é feito com algumas adaptações. Valeu a experiência.

Após o almoço aproveitamos para visitar as lojinhas e barraquinhas da região, tem bastante objeto de decoração, artesanato, doces e lembrancinhas.


3 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Curitiba e Morretes em 3 dias
Curitiba Esteve lá com a família em Julho/2018 e achou Excelente!

O que escrever sobre Curitiba?
Uma cidade linda, limpa, bem jardinada, ótima opção para o turista. O mais interessante é que a maioria dos pontos turísticos são gratuitos e estão em excelente estado de conservação.


Encontrei alguns pontos turísticos e deles separei os que julguei mais legais para visita-los em 3 dias. A divisão dos pontos turísticos ficou perfeita pois conseguirmos curtir bem cada um deles. Separei pela proximidade para facilitar o trajeto.

3 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil