Destinos do Brasil

Descubra mais de 550 destinos pelo Brasil

06 de Março de 2017

Novidades em Socorro (SP)

Caminhadas em grutas e exploração de cavernas

Novidades em Socorro (SP)
Famosa pelas atividades na água, como o rafting no Rio do Peixe, Socorro apresenta novidades totalmente secas na temporada! São elas: caminhada em grutas no Parque de Aventura Pedra Bela Vista; e caving na caverna Quebra Corpo. Caving é a exploração de cavernas com obstáculos como fendas entre rochas, túneis e rios subterrâneos.

Trekking nas grutas da Pedra Bela Vista
O trekking ou caminhada em grutas acontece no Parque de Aventura Pedra Bela Vista, localizado em um dos pontos mais altos de Socorro, com uma bonita vista da região. O passeio dura cerca de 2h30 e, durante o trajeto, os visitantes passam por quatro pequenas grutas com grau de dificuldade médio.

Três grutas se destacam: Boca do Sapo, Gruta do Olheiro e a Gruta do Morcego. Na Boca do Sapo, o visitante tem uma visão impressionante da Serra da Mantiqueira. Nesse trecho, o turista passa entre duas rochas que tem o formato de uma boca larga. Vem daí o nome: Boca do Sapo.

Já a Gruta do Olheiro tem uma curiosidade histórica: o local foi usado por tropas paulistas durante a Revolução Constitucionalista de 1932. A gruta era refúgio de olheiros do lado paulista que ficavam aguardando o andamento das tropas mineiras para avisar o comando de guerra.

A outra gruta que ganha destaque neste percurso é a Gruta do Morcego. Nela, é possível observar uma família de cerca de 20 morcegos frutíferos. Os morcegos se alimentam de pequenos frutos da mata e são monitorados com frequência por órgãos ambientais, o que garante a saúde dos animais e dos visitantes. 

A entrada é controlada e só pode ser feita com uso de máscaras e na presença do condutor da atividade. Para finalizar o passeio, os visitantes descem a rocha por um rapel guiado de cerca de 10 metros. 

Caving Caverna Quebra Corpo
A caverna Quebra Corpo é considerada uma das maiores cavernas de granito já catalogadas no Brasil. As cavernas com formação granítica não apresentam estalactites e estalagmites, comuns em cavernas de calcário.

O atrativo principal do caving na Quebra Corpo é a transposição de diferentes obstáculos, além de permitir o contato com um ecossistema diferenciado. Os turistas seguem por uma trilha 300 metros até a entrada da caverna. 

A Quebra Corpo tem vários salões e pequenas galerias com 450 metros de comprimento por onde muitas vezes é necessário rastejar, andar agachado ou inclinado em pequenas fendas verticais ou horizontais. Todo o percurso é acompanhado por um riacho que forma pequenas quedas d’água dentro da caverna. 

Há uma pequena corredeira/cascata, claraboias naturais e espécies características do local como caranguejos de água doce e morcegos. 

Tel: (19) 9-9175-7600 e (19) 9-7147-7770

Tel: (19) 3855-7474 

Fotos
Divulgação Banca de Notícias

Veja também: Descobrindo Socorro

Gracie Croce

Jornalista, adora viajar e descobrir novos lugares. O que não impede de voltar àqueles por onde andou...