Destinos do Brasil

Descubra mais de 550 destinos pelo Brasil

11 de Janeiro de 2018

O que fazer, como ir e onde ficar em Jericoacoara (CE)

Voos comerciais facilitam o acesso ao paraíso!

Paraíso Tropical Paraíso Tropical (foto enviada por Sheila Lima)
Ficou mais fácil chegar na pacata vila cearense! Voos comerciais levam ao pedaço do paraíso desde o final de 2017, evitando encarar as cerca de cinco horas de viagem a parir de Fortaleza. A Gol faz a rota São Paulo x Jeri x São Paulo aos sábados (Congonhas) e às quartas (Guarulhos). Já a Azul faz a rota rota Campinas x Jericoacoara x Campinas aos sábados; e Recife x Jericoacoara x Recife às quartas, sextas, sábados e domingos. E até fevereiro, a companhia faz ainda a rota para Belo Horizonte às terças, quintas e domingos.

Reduto de adeptos do windsurf e do kitesurf nos meses de agosto a novembro – os bons ventos que sopram na praia central e na do Preá são perfeitos para a prática dos esportes – Jeri bomba especialmente no verão, quando o sol brilha forte. Chuvas mesmo, só entre março e maio, que garante encher as lagoas cristalinas. 

Por falar em lagoas, elas são as estrelas de Jeri. A principal é Jijoca, dividida em duas partes: Lagoa Azul, rústica e com barracas simples; e Lagoa do Paraíso, com pousadas confortáveis e restaurantes que oferecem redes e espreguiçadeiras. Em ambas, as águas azuis esverdeadas enfeitiçam quem chega lá. A melhor maneira é ir de bugue.

As lagoas, porém, não são as únicas atrações da vila. A Pedra Furada atrai turistas o dia todo, curiosos para apreciar a bela formação. Para quem visita o destino em julho, um encantamento a mais: o sol se põe do outro lado do "furo", proporcionando um grande espetáculo. 

Ah, o pôr do sol... todos os dias, multidões sobem a gigantesca Duna do Pôr do Sol para apreciar o espetáculo lá de cima. Ao descer para a praia, uma roda de capoeira aguarda a turma para começar os trabalhos. 

Para dar conta de tanto sobe e desce, praticar esportes e nadar, a vila capricha no quesito restaurantes. São opções para todos os gostos e bolsos, com os frutos do mar se destacando nos cardápios.

E quando a noite chega, é hora de seguir para o forró. O bate-coxa rola até altas horas e, do salão, todo mundo segue para a padaria Santo Antônio - a partir das duas da matina tem pão francês, de queijo, de coco e de banana saindo quentinho do forno!

Na hora de escolher a hospedagem, a gama de ofertas é variada. Para quem curte pousada pé na areia, as opções são a Vila Kalango e a Casa de Areia. Já pertinho da praia estão as pousadas Villa Terra VivaWindJeriCasAlice e AkiJeri.

Veja todas as opções de hospedagem em Jericoacoara aqui.  

Fique atento - desde setembro, é preciso pagar Taxa de Turismo, no valor de R$ 5 por dia. Saiba mais aqui.

Fotos
Sheila Lima (Lagoa)
Kellen Suamy (Windsurf)
Carlos Amorim (Pedra Furada)
Helio Oliveira (Pôr do sol)
Compartilhe:

Veja também: Descobrindo Jericoacoara

Gracie Croce

Jornalista, adora viajar e descobrir novos lugares. O que não impede de voltar àqueles por onde andou...