O que ver e fazer

Mergulhar nos naufrágios (4 fotos)

Já esteve lá? Envie suas dicas
    Espécies variadas colorem o cenário
    Ary Amarante - Setur RecifeENVIE SUAS FOTOS
    Espécies variadas colorem o cenário
    1. Espécies variadas colorem o cenário
    2. Parque Artificial reúne 18 naufrágios
    3. Naufrágios formam recifes artificias repletos de peixes
    4. Naufrágios atraem peixes... e muitos mergulhadores

    Mergulhar nos naufrágios

    Por Editoria Férias Brasil

    Conhecido como “Capital Brasileira dos Naufrágios”, o Recife faz sucesso entre os mergulhadores. São 18 embarcações afundadas (rebocadores na maioria) na região batizada de Parque Artificial de Naufrágios de Pernambuco (no total, a costa pernambucada abriga 29, entre afundamentos propositais e acidentais). A rica e colorida vida marinha, repleta de peixes, moluscos e crustáceos - 170 espécies já foram encontadas - atrai mergulhadores do Brasil e de diversos países. A melhor época para apreciar as belezas escondidas no fundo do mar é na primavera, quando as águas estão ainda mais calmas e claras. A temperatura média do mar da região também é conividativa - o ano todo, gira em torno de 28 graus celsius. 


    Os afundamentos de embarcações de forma proposital começaram em 2002 e proporcionaram a formação de recifes artificiais. Esses espaços se mostraram ótimos locais de habitat para diversas espécies marinhas.


    Outras atrações em: