Miguel
tem 56 anos, mora em Porto Alegre, já enviou 1 dica, já publicou 9 fotos

Minhas Fotos (9)

Florianópolis (2), Tamandaré e Carneiros (2), Chapada Diamantina (1), Fernando de Noronha (1), Porto de Galinhas (1) e outras 2 fotos
  • Praia de Carneiros
    Tamandaré e Carneiros
  • Praia de Carneiros
    Tamandaré e Carneiros
  • Fortaleza de Santa Cruz do Anhatomirim
    Florianópolis
  • Mirante Morro da Cruz
    Florianópolis
  • Ilha de Fernando de Noronha
    Fernando de Noronha
  • Porto de Galinhas
    Porto de Galinhas
  • Itapuã
    Salvador
  • Ladeira
    Recife e Olinda
  • Cachoeira do Buracão
    Chapada Diamantina

Minhas Dicas (1)

Lugares fantásticos
Chapada Diamantina Esteve lá a dois em Fevereiro/2010 e achou Excelente!

Sendo leitor deste site e sabendo que as dicas fornecidas aqui foram muito úteis, decidi colaborar: eu e minha esposa passamos quinze dias na Bahia, desses, oito na Chapada Diamantina. Alugamos um carro em Salvador e fomos para a Chapada.

Primeiro em Mucugê, cidadezinha ao sul, com cara de interior e que guarda um aspecto colonial. Ficamos hospedados na Pousada Monte Azul. Lugar muito bom, preço justo e ótimo atendimento. Nosso primeiro passeio foi à Cachoeira do Buracão, em Ibicoara (100km). Um dos lugares mais fantásticos que já vimos e, sem dúvida, o visual mais belo de toda a Chapada. Imperdível! O dono da pousada fez contato com um dos melhores guias da região (Joaab), que nos levou para fazer uma trilha pelo leito do rio Cumbuca, ver algumas inscrições rupestres e assistir ao pôr-do-sol no alto do Morro do Cruzeiro, tudo em Mucugê. Na cidade, ainda conhecemos o Cemitério Santa Isabel, em estilo bizantino.

No caminho para Lençóis, onde ficaríamos mais cinco dias, passamos por Igatu, cidade com várias casas construídas em pedras, pelos antigos garimpeiros. Fomos ao Poço Azul, em Nova Redenção. Um lago fantástico, numa gruta subterrânea. Em Lençóis, ficamos acomodados na Pousada da Fonte. Acomodações simples, mas com serviço e preço ótimo. Contratamos um guia (R$80,00 por dia) indicado pela proprietária, que nos acompanhou todos os dias a vários lugares.

Alguns passeios interessantes que fizemos: Gruta da Lapa Doce, Gruta do Lago Azul, Gruta da Pratinha, Morro do Pai Inácio (imperdível ao entardecer), Serra das Paridas e Cachoeira dos Mosquitos. O passeio ao Pantanal de Marimbus é muito cansativo. São várias horas mal acomodados em uma canoa e com uma paisagem monótona. Só o final, nas piscinas do rio Roncador, comer mangas que caem maduras no chão no meio da trilha e o almoço no bar da Dona Lourdes, na Vila Remanso, é que valem a pena.

Os passeios que são feitos próximos à cidade, no rio Serrano e no Ribeirão do Meio também não são muito atraentes. Deixamos de fazer dois passeios que dizem valer a pena: as cachoeiras da Fumaça e da Fumacinha, ambos os casos por estarem secas, devido à falta de chuvas no período. A noite em Lençóis é bem agitada. Bons restaurantes (jantamos várias vezes no La Bodega) e um comércio variado.

Lembre-se: se você pretende conhecer a Chapada, não esqueça que, na maioria dos passeios que fizer, vai se deslocar de carro (em estradas de chão) por dezenas de quilômetros, caminhar muito e, em alguns casos, por trilhas bem difíceis. É uma mistura de cansaço e satisfação. Esteja preparado fisicamente.

152 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil