Raphael
tem 35 anos, mora em Salvador, já enviou 1 dica, já enviou 1 foto

Minhas Fotos (1)

Brumadinho (1)
  • Instituto Inhotim
    Brumadinho

Minhas Dicas (1)

Minas Gerais - BH e Cidades Históricas - Dicas de Viagem
Belo Horizonte Esteve lá a dois em Fevereiro/2016 e achou Muito bom

Escolhemos passar o período de carnaval em Belo Horizonte. Confesso que não é o melhor período para fazer esses passeios, pois vários museus e igrejas estarão fechados. Ainda assim, é possível aproveitar muitas coisas que o estado tem a oferecer.

Ficamos no bairro Savassi. Foi a melhor escolha que fizemos, pois é região tranquila e que possui um shopping, bares, restaures, farmácias e mercados bem próximos. Fiz a opção de um Hotel que fica próximo do Shopping Pátio Savassi e não me arrependo, pois conseguia circular por todos os locais a pé e se fizer a opção dos passeios, será um dos últimos a serem apanhados (permite que durma um pouco mais e tome o café da manhã com tranquilidade) e um dos primeiros a ser deixado no retorno (que é reconfortante depois de um dia de visitas).

Uma dica interessante é na identificação da Agencia de Viagens que irá escolher. A Uai Brazil Tour é o receptivo de uma grande Agência, então não custa fazer um orçamento diretamente com eles, sem intermediários, pois pode sair mais barato. O melhor guia deles é Horácio, um ?professor? e pessoa extraordinária. Se fechar com a Uai, tente pedir para fazer os passeios no grupo dele e não irá se arrepender.

Meu roteiro:

1º Dia ? Inhoim
Passamos o período da manhã acompanhando o guia e vimos as principais obras do local. Já pela tarde optamos por seguir sozinhos e circular, com o mapa, pelas outras obras e galerias.
Você ouvirá que não conseguirá visitar tudo em um dia e é verdade, mas pode fazer duas opções:
1 ? Se preferir, permaneça com o guia durante todo o dia e visitará as principais obras com qualidade, tendo uma riqueza de informações. Poderá fazer tudo a pé e não irá se cansar (melhor opção para quem tem dificuldade de locomoção).

2 ? Compre a pulseira que dá direito a utilizar os carros elétricos, pois eles irão te auxiliar a chegar nas galeras mais distantes. Vale muito a pena!!! Desse modo, conseguirá visitar quase todos os locais. Avalie com base no seu gosto. Quando ver algo que te interessa, pare, leia e aprecie. Caso não te chame a atenção ou não te agrade, passe a diante.

Obs: Pode acessar o site de Inhotim e já verificar o que te interessa, pois quando estiver fisicamente no local e com o mapa em mãos, poderá fazer um roteiro muito mais objetivo e confortável. Passe protetor e levo os óculos de sol.

2º Dia ? Feira Hippie e City Tour

Todos os domingos, das 07h às 13h, acontece uma feira na Av. Afonso Pena. É o local que achei as coisas mais baratas em BH. De sapatos a roupas para crianças. Chegue cedo e se já tiver visto tudo que queria, pode aproveitar o resto da manhã para visitar o Mercado Central.
Durante à tarde pode fazer o city tour. É um programa bacana para fazer no domingo.

3º Dia ? São João Del Rey e Tiradentes

São João é uma cidade pequena, mas tem várias igrejas para visitar e Tiradentes é uma cidade que vale a pena ser visitada por toda a história envolvida e locais de visitação. Também tem mais estrutura e opções para turistas. Veja se consegue fazer o passeio de Maria Fumaça.

Obs: O local escolhido para o almoço em Tiradentes é muito bom!


4º Dia ? Ouro Preto e Mariana

Ouro preto precisa ser visitada, pois além de ser patrimônio da humanidade, ter igrejas e museus muito bons, terá uma pequena aula de história brasileira. Não tenha medo e visite a mina até o final. Só o passeio na mina Santa Rita, com o guia local, valerá a viagem.
Também tem uma estrutura muito boa para turista, com várias lojas e feira de pedras. Mariana é uma cidade pequena, mas é o complemento do passeio.
Tente fazer a viagem de trem.

Obs 1: A primeira parada será em uma loja de pedras antes de acessar o centro da cidade. Realmente tem alguns objetos baratos e se encontrar algo que deseja muito, talvez valha a pena comprar lá. Porém, próximo da praça central, existe uma feira que vende tudo que é objeto de pedra e é possível pechinchar com os comerciantes. Muitos objetos que vi na primeira loja, encontrei na feira.

Obs 2: O restaurante sugerido para almoço em Ouro Preto não possui uma comida saborosa e não é barato. Além de ter sido uma antiga senzala. Existe outras opções no local e com valor mais em conta.


Espero que as dicas ajudem.

34 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil