Por Editoria Férias Brasil

Artesanato ucraniano é típico da capital paranaense Artesanato ucraniano é típico da capital paranaense
Foto: Joel Rocha - Setur PR

Domingo é dia de feira em Curitiba. Das 9h às 14h, famílias, turmas de amigos e casais de namorados batem perna nos arredores do Largo da Ordem, no Setor Histórico. 

Nas centenas de barracas encontra-se uma infinidade de produtos feitos pelos artistas da cidade, como quadros, roupas e acessórios - além das pêssankas, os ovos pintados à mão que servem de amuleto para quem os ganha de presente, segundo a tradição ucraniana. 

A feirinha reúne também os fãs das culinárias mexicana e polonesa, que lá se deliciam com tacos, burritos e pastel cozido com requeijão e batata, um clássico da cozinha polaca. E ainda tem música ao vivo e teatro de rua!

Para comprar queijos, vinhos, embutidos e produtos orgânicos, a melhor pedida é o Mercado Municipal, no Centro; e a Mercadoteca, aberta em 2015, em Campo Comprido - ambos charmosíssimos! O Municipal tem uma praça de alimentação aconchegante que oferece de pastel quentinho a cervejas artesanais, além de refeições e cafés que podem ser saboreados nas mesinhas ao ar livre. E ainda tem lojinhas de artesanato, de antiguidades, de doces, tabacaria, empório... O amplo espaço fica em frente à Rodoferroviária (Av. 7 de Setembro, 1865). 

Já a Mercadoteca (Rua Paulo Gorski 1.309) é inspirada nos principais mercados do mundo, como os de San Miguel (Madri) e da Ribeira (Lisboa). O objetivo é valorizar a produção local e abrir espaço a novas experiências gastronômicas. Por lá estão lojas de frutos do mar, carnes nobres, cervejas especiais, sorvetes artesanais, vinhos, utensílios de cozinha, pães, doces, além de restaurantes em que são servidos de hambúrgueres gourmet a comida japonesa.

Mais atrações e informações de Curitiba