sandra cristina da silva
tem 50 anos, mora em Americana, já enviou 2 dicas, já publicou 10 fotos

Minhas Fotos (10)

Ilha Grande (9), Angra dos Reis (1)
  • Ubatubinha
    Ilha Grande
  • Ubatubinha
    Ilha Grande
  • Ubatubinha
    Ilha Grande
  • Ubatubinha
    Ilha Grande
  • Ubatubinha
    Ilha Grande
  • Ubatubinha
    Ilha Grande
  • Praia Grande de Araçatiba
    Ilha Grande
  • Vermelha
    Ilha Grande
  • Praia Grande
    Angra dos Reis
  • Passear de lancha
    Ilha Grande

Minhas Dicas (2)

Ilha Grande - Dicas de Araçatiba
Ilha Grande Esteve lá a dois em Outubro/2012 e achou Excelente!

Em Out12 estive em Araçatiba com meu esposo, praia mais ou menos 800mts de extensão, não possui ruas, várias pousadas, casa de moradores e duas igrejas é direto na areia, outras pousadas e casas de moradores é subindo o morro ou beirando o mar (sem areia dividindo o ma e algumas pousadas o que divide são pedras ou rochas de pedra) nesta vila não há padaria, mercado, farmácia, optamos por ficar hospedado em uma casa com vistas para o mar, pois em araçatiba tudo é mais caro do que no Abraão, a maioria das pousadas não possuem frigobar nos quartos e a casa que alugamos tinha geladeira, fogão e todos utensilio para preparo de refeições, a casa foi alugada através da pousada Gabriel, excelente casa (só que tem bastante escada ingreme para chegar até ela) a casa é um sobrado com duas casas independentes. 


Ficamos no pavimento superior e os dois quartos com sacada com vistas para o mar e mais ou menos uns 20 metros da areia e do mar! Araçatiba não tem a infra-estrutura que tem no Abraão, ainda mais fora de temporada, em Out12 estava um deserto (diferente da vila Abraão que nesta mesma época está cheio de turistas), quase não tinha turista, somente no fim de semana é que o movimento aumentou um pouco mas nada comparado ao Abraão, para quem realmente quer sossego total esse é o lugar, não se tem muitas opções de passeios, pois só tem dois barcos que realizam passeios o do Tony Montana e o do Refugio do Capitão ou Pirata ( não me recordo direito o nome) e durante a semana por ter muito pouco turista nenhum deles saiu para passeio, então fomos fazer trilha para conhecer outras praias, fizemos a trilha araçatiba-praia vermelha: leva em torno de uma hora para chegar a praia vermelha e passa por outras duas praias a araçatibinha e outra que não recordo o nome, trilha é de acesso fácil, mas tem algumas subidas, sendo quase toda trilha com sombra pois boa parte da trilha fica entre o mar e a mata atlântica, nesse percurso não tem nenhuma fonte de água, portanto não deixem de levar água e se for fora de temporada levem algo para comer e beber, ainda bem que levamos pois como quase não havia turista no meio da semana na praia vermelha não tinha nenhum restaurante ou bar aberto, todas as praias desta trilha são bonitas, em araçatibinha é totalmente deserta não tem nenhum bar ou restaurante porém tem bastante sombra, a praia vermelha quando tem turistas deve ser razoavelmente movimentada, pois há algumas pousadas e restaurantes e vários moradores, esta praia possui três pier, água transparente a praia é muito boa. Outra trilha que fizemos foi araçatiba-sitio forte: esta trilha é mais difícil, pois falta sinalização e tem muitas subidas íngremes, muitas mesmos, mas vale a pena, pouco tempo de trilha tem uma bifurcação sem sinalização ainda bem que encontramos um morador local e perguntamos para o mesmo a direção para sitio forte e o mesmo informou que era só seguir os cabos de energia, informação muito valiosa e deu certo foi só ir seguindo os cabos de energia que deu tudo certo, o percurso araçatiba-sitio forte passa por diversas praias, sendo que a primeira praia após araçatiba é praia longa ( antes tem outra praia que se quiser ir tem que sair da trilha e pegar outra bem curta) sendo que esta tem uma vila com vários moradores e uma igreja, a trilha morre nesta praia aí pega outra trilha que começa nesta praia e vai para a praia ubatubinha, para sair da praia longa e começãr outra trilha tem que passar entre as casas de alguns moradores sendo uma subida muito íngreme, pois começa a subir a montanha, e no caminho até ubatubilnha também tem várias subidas íngreme, a praia de ubatubinha é espetacular, maravilhosa, após a areia é uma propriedade particular, toda cercada com um gramado muito bem cuidado e por incrível que pareça achamos um pinguim nesta praia, ele estava recuado nas pedras, aparentava estar meio debilitado, meu esposo colocou ele novamente na água e ele saiu nadando longe da praia, após ubatubinha tem outra trilha que vai para outra praia que infelizmente não me recordo o nome. 

A praia possui um restaurante que estava fechado e após o restaurante uma fazenda com vários bois, vacas, ganços,cavalo, a fazenda tem nome de japones e começa logo após a areia da praia e vai subindo morro adentro, esta praia que não me lembro o nome não é tão bonita como outras a areia é meio preta e tanto na areia como no mar estava cheio de algas e como se fosse galhos pequeninos de árvore, após esta praia aí pega outra trilha para sitio forte, antes de chegar em sitio forte tem uma vista espetacular de outras duas praias, sitio forte também não é uma praia muito bonita mas valeu a pena conhecer, se quisesse daria para ir pegando outras trilhas e ir para outras praias, mas ia se tornar ainda mais cansativo (pois de araçatiba até sitio-forte foram quatro horas de caminhadas com muitas subidas íngremes, esse tempo foi com pequenas paradas nas outras praias, se não tivesse parado em nenhuma praia ia dar umas três horas de caminhada). 

Todas as praias que passamos neste percurso estavam desertas, sem nenhum turista, segundo informação de moradores local, fim de semana algumas delas recebem veleiros e realmente em algumas parais vimos alguns veleiros atracado e não era fim de semana, as praias deste percurso são visitadas pelos turistas que fazem trilha ou embarcações particulares, pois dificilmente algum barco ou escuna de agencia fazem passeio para essas praia o que as tornam um lugar quase privativo e sossegado para quem vai. 

De araçatiba também tem a trilha que vais para praia de provetá e quem tiver mais disposição a trilha de provetá-aventureiro, só que esta não fizemos e também a trilha para gruta do acaiá é a mesma que vai para praia vermelha só que num ponto você tem a opção para praia vermelha ou a gruta, não fizemos a trilha pra a gruta pois em outra viagem fomos lá de escuna, vale a pena conhecer, um lugar fascinante. 

Para quem quer ficar isolado de quase tudo sem agitação nenhuma Araçatiba é ideal, agora para quem quer diversidade, mais opções de passeio, mais opções de hospedagem e um pouco de agito é melhor ir para o Abraão, eu particularmente prefiro a Vila Abraão, pois lá ainda dá para você ter sossego é só ficar hospedado longe da agitação, tem-se mais estrutura, mais opções de passeios e tem mais gente, e claro mais opções de transporte marítimo para chegar e partir da ilha, mas valeu a pena ficar em Araçatiba conheci outros lugares da ilha, passeio cinco dias lá em pleno sossego num verdadeiro paraíso, valeu a pena! 

14 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil

Ilha Grande o Paraiso na Terra
Ilha Grande Esteve lá a dois em Fevereiro/2013 e achou Excelente!

Para quem gosta de natureza, aventura ou sossego, este é o ligar certo Ilha Grande! meu esposo e eu já fomos 5 vezes na ilha sendo 04 vezes ficamos na vila abraão e uma vez em araçatiba, sendo a última viagem para a ilha em fevereiro de 2013, tanto em abrãao como em araçatiba fizemos várias trilhas, todas maravilhosas e algumas cansativas, mas que vale a pena, a trilha que sai da praia do pouso e vai para lopes mendes está bem estruturada, colocaram corrimão de madeira em vários lugares nas escadas de terra mas apoiadas com madeiras, pela primeira vez, este ano fizemos o passeio de lancha que dá volta toda na ilha, o melhor passeio que existe, custa um pouco caro pagamos em dinheiro R$ 150,00 cada um, neste passeio a primeira parada foi na praia do caxadaço, praia pequena mas o lugar é maravilhoso embora estava muito lotado tinha umas treze lanchas atracadas, segunda parada rápida praia de dois rios (nesta praia não há desembarque o piloto da lancha só passa devagar pela orla da praia, esta praia, a vila e o presidio eu conheci em viagem anterior que fomos por trilha quase 03 horas de caminhada saindo do abraão, vale a pena) terceira parada: praia parnaioca, praia bonita (não tanto como a caxadaço), tem um rio em um de seus canto que vale a pena se aventurar nele e chegar em uma pequena cachoeira, quarta parada praia do aventureiro, praia maravilhosa, encantadora e o famoso coqueiro torto. 


Vale a pena se aventurar pelo mar aberto para chegar a esta maravilhosa praia, quinta parada: praia dos meros, outra magnifica e paradisíaca praia, sensacional, só indo lá para sentir a magia do lugar, outras paradas lagoa verde e azul e mangariqueçaba acho que é esse o nome, enfim o passeio é sensacional, vale a pena cada centavo gasto, na minha opinião este passeio não é aconselhável para idosos, crianças, deficientes e pessoas com problemas cardíacos e pessoas que enjoam fácil, pois boa parte do passeio a lancha percorre em alta velocidade em mar aberto portanto a lancha sacode muito, a frente da mesma bate muito, quem vai sentado na frente, sente muito tranco, parece que estamos montados em um touro mecânico, pura adrenalina, muita emoção. Fui pela primeira vez na ilha em 2008, de lá para cá muita coisa mudou, com o crescimento imobiliário e turístico a ilha grande devagar está perdendo o sossego seu encanto, para quem gosta de dormir ouvindo somente o barulho da natureza, fique hospedado longe do centrinho e da rua da boate, praticamente todo restaurante e barzinho tem som ao vivo todas as noites e o som não é muito baixo não, sendo que muitas pousadas ficam no meio dos burburinhos, a ilha não comporta e não tem condições de receber muitos turistas, e se as autoridades não começarem a tomar providencias para proibir a construção de mais pousadas e restringir o números de turistas a entrarem na ilha especificamente vila Abrão (como é feito na praia do aventureiro e em fernando de noronha) pois a natureza exuberante do lugar já está sendo devastado e o sossego que ainda resta vão está acabando, algumas praias não se tem mais a tranquilidade de antes, pois estão vindo muitas excursões do Rio de Janeiro (o chamado bate-volta) que alugam escunas ou embarcações pequenas e estão lotando algumas praias e poluindo deixando lixo para trás e o povão das excursões também estão praticando poluição sonora com som alto nas escunas atracadas nas praias e alguns até levam algum tipo de som na areia da praia, sem contar que muitos farofeiros se utilizam de palavrões o tempo todo, um horror! 

Infelizmente isto está acontecendo em algumas praias da ilha Grande, é lamentável, se continuar assim praias superlotadas por farofeiros, prefeitura de Angra não dá estrutura que a Ilha e os turistas precisam, este paraíso vais deixar de existir, ou melhor a ilha deixará de ser um Paraíso!

48 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil