Pedro
tem 44 anos, mora em Belo Horizonte, já enviou 1 dica

Minhas Dicas (1)

Dicas.
Fernando de Noronha Esteve lá a dois em Janeiro/2009 e achou Excelente!

Se for visitar algum lugar sem o acompanhamento de um guia, informe-se antes se o acesso àquele lugar é permitido. Especialmente dentro do Parque Marinho.

Sempre que for à praia leve máscara e respirador, pois pode surgir um mergulho rápido. A água é quente o ano todo (em torno de 24º c) e limpa (visibilidade superior a 30 metros exceto nos meses de janeiro e fevereiro), sem contar com a fauna marinha na região. O fornecimento de energia elétrica da ilha é 220v.
Há uma agência do Banco Real, Banco Postal (Bradesco em convênio com os correios) e terminal eletrônico da Caixa Econômica Federal num supermercado da ilha, além disso, é raro que se aceitem cartões de crédito, é difícil trocarem grandes somas de moeda estrangeira. Por isso é bom levar dinheiro.

O fuso horário de Fernando de Noronha é uma hora a mais em relação à hora de brasília. O clima em Fernando de Noronha é maravilhoso, pois apenas ocorrem chuvas no período de março a agosto. A temperatura média é de 28º.
Existem vôos diários para Noronha, com saídas por Recife e Natal. Há duas linhas aéreas que fazem o percurso para Noronha, Gol/ Varig e da Trip Linhas Aéreas. Fernando de Noronha pode ser visitada durante o ano todo. Para quem quer mergulhar, setembro e outubro são os meses mais indicados, quando o mar de dentro fica mais calmo. Já para os surfistas, em janeiro as águas se agitam e levantam boas ondas. Em julho e de dezembro a fevereiro, o movimento na ilha é bem maior, faça a reserva com bastante antecedência.

O clima é tropical e a água quente, por isso não esqueça de levar roupas leves, protetores solares, filmes, sandálias ou tênis para caminhadas, e colírios. O ainda precário transporte de mercadorias do continente para a ilha aumenta consideravelmente o valor dos produtos. Sempre usar roupas leves, protetor solar e chapéu. Levar água e um pouco de dinheiro também é bom.

Aproveito para tornar público os abusos que estão sendo cometidos no desenvolvimento do turismo no belo arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco. Se você ainda não sabe, todo turista que visita Fernando de Noronha é obrigado a pagar uma taxa chamada detaxa de preservação ambiental. Até aí, nada mais natural, afinal estamos em uma área de preservação ambiental e além de tudo, um parque nacional. O problema está no valor da taxa cobrada dos turistas. Basicamente funciona assim, o turista que visita Fernando de Noronha paga esta taxa por cada dia de sua estadia por lá, acredite se puder, esta taxa diária é atualmente R$ 36,69 por pessoa. Isto é, uma pessoa em uma viagem de 1 semana por lá vai pagar só de taxa, acreditem, R$ 227,48. Se for um casal, estes vão desembolsar nada mais que R$ 454,96 só de taxa. Não, você não leu errado, é isso mesmo, um completo absurdo. Como se não bastasse, a exploração do turista não pára por aí, pousadas sem estrutura alguma com diárias a partir de R$ 200,00, passagem aérea de ida e volta partindo de recife a partir de R$ 800,00, entre outros abusos. Sugiro que todos reclamem junto aos órgãos competentes para que isso acabe, senão, estamos cada vez mais impedidos de ir a Fernando de Noronha!

514 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil