Pollyanna Marques
tem 38 anos, mora em Uberlândia, já enviou 2 dicas

Minhas Dicas (2)

Maceió (1), São Miguel dos Milagres (1)
Maceió
Maceió Esteve lá a dois em Dezembro/2014 e achou Muito bom

Ficamos na Pousada Ecomaceió, que não recomendo a estadia, pois apesar de alguns funcionários serem atenciosos e bem localizada, a limpeza e o café da manhã deixaram bastante a desejar. Os lençóis estavam inclusive rasgados e as toalhas sujas ou encardidas.
Fizemos o passeio nas piscinas naturais de Pajuçara, que é péssimo, pois não vi peixe nenhum, estava super cheio, com as pessoas em pé tomando cerveja quente, comendo peixe frito e urinando simultaneamente.


Adorei os restaurantes Maria Antonieta e Takê, onde fomos muito bem atendidos e a comida é deliciosa!Também gostei muito da paleta de frutas vermelhas recheada de limão siciliano da sorveteria Bali na orla.Gostei também das entradas e dos drinques do restaurante Wanchako, mas achei bem caro pelo que oferece.
O passeio a praia de Ipioca, onde ficamos na barraca Hibiscus, onde é cobrada uma taxa para a entrada, mas que possui uma boa infra-estrutura e atendimento regular também vale a pena.
Recomendo ainda, o taxista Givaldo, tels. (82) 8894.6049/9672.5232, que é pontual, atencioso e possui carro novo.

O que você achou desta dica? Pouco útil Útil Muito útil

Razoável e caro
São Miguel dos Milagres Esteve lá a dois em Dezembro/2014 e achou Bom

Estive em São Miguel dos Milagres em dezembro/2014. As praias são maravilhosas! As águas são cristalinas e mornas.
As praias são praticamente desertas e sem pontos de apoio.
A cidade é muito simples e sem infra-estrutura.
Não compensa ir se não tiver carro para se deslocar por lá, pois as praias e as pousadas onde se encontram boa comida são distantes e os preços cobrados para o deslocamento são muito caros, apesar de relativamente pertos, isso sem contar que há cartel para fixação de preços e aquele que não cumpre a tabela é excluído. 


Não tive contato com a boa gastronomia. Notei que predominam as frituras e acabei passando muito mal.
Ficamos na Pousada Recanto dos Milagres, que é simples, limpa, conta com empregados muito atenciosos e um café da manhã espetacular!
Vale a pena fazer o passeio às piscinas naturais e conhecer a Praia do Patacho.
Estivemos em um receptivo recém inaugurado chamado Coco Loko, que tem boa infra-estrutura para atender poucas pessoas e um restaurante razoável.
Recomendo o petit gateau alagoano do Restaurante do Enildo, que é delicioso e fomos muito bem atendidos.
O ideal, na minha opinião, é passar uns 3 dias por lá, numa das pousadas de charme, com jantar incluído, pois para sair da pousada é muito complicado e notei que falta disposição em auxiliar os turistas a se deslocarem. 

É um lugar realmente para descansar, com uma paisagem incrível, mas que oferece pouco, pelo preço que cobra.

119 pessoas acharam esta dica ÚTIL ou MUITO ÚTIL.
Qual a sua opinião? Pouco útil Útil Muito útil