Paquetá (1 dica, 27 fotos)

Já esteve lá? Envie suas dicas
Cenário clássico: casario colonial e bicicleta
Alexandre Macieira / RioturENVIE SUAS FOTOS
Cenário clássico: casario colonial e bicicleta
  1. Cenário clássico: casario colonial e bicicleta
  2. Bicicletas levam a todas as direções
  3. Casa de Artes é o centro cultural da ilha
  4. Bucolismo na capelinha de São Roque
  5. Pela orla, passeio em família
  6. Turistas alugam bicicletas para explorar a ilha
  7. Pedalinhos disponíveis na praia José Bonifácio
  8. Dos mirantes, vistas incríveis
  9. Charretes circulam pelos pontos turísticos
  10. Encantos por toda a parte
  11. Triciclos são perfeitos para famílias
  12. Ao longo da orla, cantinhos cheios de charme
  13. Parque Darke de Mattos é repleto de atrações naturais
  14. Charretes aguardam visitantes ao lado das barcas
  15. Viagem dura cerca de 40 minutos nas novas barcas
  16. Viagem de barca é repleta de belos cenários
  17. Bom para ir com crianças ou namorar! ;)
  18. Paraíso
  19. Bello
  20. Paraíso
  21. Pedra da Moreninha
  22. Passeio
  23. Pedra
  24. Ilha de Paquetá
  25. Ilha de Paquetá
  26. Ilha de Paquetá
  27. Moradores usam bikes para circular pela ilha

Paquetá

Por Editoria Férias Brasil

Quase ninguém sabe, mas a bucólica Ilha de Paquetá é um bairro do Rio de Janeiro. Por lá não circulam carros, o que torna a região perfeita para curtir um domingo com a família. O passeio, aliás, começa antes mesmo de se chegar lá. O acesso é por barcas, em uma viagens de 40 a 70 minutos (dependendo da embarcação) pela baía de Guanabara e suas muitas belezas como a Ilha Fiscal, o Pão de Açúcar... 

Para se locomover, faça caminhadas pelas ruas de saibro ou embarque nas charretes, no trenzinho... ou faça como os moradores: aposte nas bicicletas! Na paisagem, chácaras centenárias preservadas, casario de diversos estilos, pracinhas e praias tranquilas. 

Com clima de “cidade do interior”, Paquetá também gosta de festa! A mais tradicional acontece em agosto. É a Festa de São Roque, padroeiro da ilha, que reúne barraquinhas de comida e bebida e muita música. O Carnaval também é animado por lá, com desfiles de blocos tradicionais e familiares. Dias antes da folia, o Pérolas da Guanabara desfila na ilha, arrastando centenas de foliões que começam a se divertir ainda nas barcas. 

Entre os principais atrativos estão a Pedra da Moreninha, na praia de mesmo nome e é acessível por uma escada e uma ponte de madeira. O local funciona como um mirante e foi imortalizado no romance “A Moreninha”, de Joaquim Manuel de Macedo, em 1844. Já a Praia José Bonifácio (ou da Guarda), tem infraestrutura: restaurantes, bares, hotéis, pedalinhos... Lá fica a Ponte da Saudade, além do Parque Darke de Mattos, que reúne jardins, trilhas e o Mirante Boa Vista, que revela vista panorâmica da ilha.

Informações úteis
. Paquetá não tem bancos 24 horas e muitos estabelecimentos não aceitam cartões. Leve dinheiro 
. A ilha é acessível através da barcas que partem da Praça XV, no Centro do Rio - www.grupoccr.com.br/barcas/linhas-horarios-tarifas

Outras atrações em:

Já esteve lá? Envie suas dicas
Dicas sobre Paquetá Enviadas por quem já esteve lá

Lugar simples e muitíssimo agradável

Luciano Loureiro
Dica enviada por Luciano Loureiro
Esteve lá com a família em Julho/2015 e achou Excelente!
Bom para ir com crianças ou namorar! ;)

Bom para ir com crianças ou namorar! ;)

Um pequena ilha, sem automóveis ou engarrafamentos, que você não esquece e quer sempre voltar. Atenção, é um lugar simples sem grande badalações. Perfeito para crianças e andar de bicicleta ou caminhar. Única ressalva é a água do mar ser poluída, inviabilizando o banho de mar: resultado do descaso de sucessivos governos do Estado do Rio de Janeiro. Uma pena...
O que você achou desta dica? Pouco útil Útil Muito útil

> Veja dicas de viajantes sobre outros locais no Rio de Janeiro

Mais atrações e informações do Rio de Janeiro