Destinos do Brasil

Descubra mais de 550 destinos pelo Brasil

17 de Janeiro de 2019

Quando ir, o que fazer e onde ficar em Bombinhas (SC)

Na alta estação, o agito garantido. Já na baixa, a tranquilidade é total

Entardecer é encantador em Zimbros Entardecer é encantador em Zimbros (foto: Maria Angélica Arruda)
O verão é a época perfeita para curtir Bombinhas e suas 29 praias, que convidam à prática de esportes náuticos. É na alta estação que a cidade, literalmente, pega fogo, atraindo turistas que chegam em busca de cenários movimentados ou da rica vida marinha - ás águas durante a estação ficam ainda mais cristalinas. 

Mas quem não quer saber de tumulto a dica é ir na baixa estação. Além do movimento menor, é possível economizar – a cidade cobra Taxa de Preservação Ambiental dos veículos que lá entram entre os meses de novembro e abril. 

Praias para todos 
A turma jovem toma conta da praia de Quatro Ilhas, com boas ondas para o surf e vista para as de Arvoredo, Galés, Deserta e Macuco. O arquipélago, que compõe a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, é considerado um dos melhores pontos de mergulho do Brasil, com águas transparentes, exuberante vida marinha e naufrágios. 

Animais marinhos de variadas espécies são observados na reserva ambientalAnimais marinhos de variadas espécies são observados na reserva ambiental (foto: Pata da Cobra - Divulgação Santur)

Já as famílias marcam presença nas piscinas naturais da praia da Sepultura, enquanto os casais encontram clima de romance em Mariscal, também frequentada pelos surfistas. 

Para quem quer agito, os endereços são as praias de Bombinhas e Bombas, mas se a busca por tranquilidade, siga as placas para Zimbros e Canto Grande, indicadas para a prática de windsurf.

Do alto
Diversas trilhas bem conservadas levam a mirantes naturais. Entre eles está o Morro do Macaco, a 190 metros de altitude e que descortina o mais belo pôr do sol da região. 

[FBFOTO:870808645]

Já o Mirante Eco 360º revela cada recanto da cidadezinha de apenas 36 quilômetros quadrados. Por lá, reúnem-se os fãs do rapel e da escalada.

Sombra e água fresca
Na hora de relaxar, o charme das opções de hospedagem encanta os visitantes.

No Centro, a Pousada do Arvoredo fica no alto de uma colina, entre as praias de Bombinhas (500 metros) e Quatro Ilhas (200 metros), com vista panorâmica. Seja nas cabanas rústicas ou nos apartamentos, o conforto e as belezas naturais da região imperam. 

Também no Centro, a pousada Mar Azul está a 400 metros da avenida principal, repleta de serviços como farmácias, mercados, escolas de mergulho... e a 450 metros do mar de Bombinhas. A boa localização permite fácil acesso a outras praias como Quatro Ilhas e Mariscal. No mesmo estilo de facilidades fica a pousada Enseada dos Golfinhos, a 100 metros da praia que dá nome à cidade.

Mariscal é procurada pelos surfistas e adeptos da caminhadaMariscal é procurada pelos surfistas e adeptos da caminhada (foto: Epa Machado - Santur)

Já entre as praias do Mariscal e Canto Grande, ambas com bela faixa de areia e ótimo mar para banhos, as pedidas são as pousadas Tortuga do Mariscal e Ilha Bella. Nas redondezas, fica ainda o Morro do Macaco.

Na praia de Zimbros, com poucas ondas e indicada para crianças, fica a pousada Canto das Pedras, também pertinho de supermercados, restaurantes, farmácia, posto de gasolina... Na mesma pegada, a pousada Refúgio fica a 30 metros da praia de Morrinhos, com águas calmas e perfeitas para os pequenos. 

Veja também: Descobrindo Bombinhas

Gracie Croce

Jornalista, adora viajar e descobrir novos lugares. O que não impede de voltar àqueles por onde andou...