O estilo alternativo continua preservado em Guarda do Embaú, mesmo depois que o destino ganhou fama - primeiro, pelas boas ondas; e depois, pela beleza das praias e o charme das pousadas espalhadas pelas ruas de terra. Distrito do município de Palhoça, Guarda surpreende os visitantes desde o início: para chegar à praia que dá nome à vila é preciso atravessar o rio da Madre. Tal tarefa pode ser cumprida a nado - a maneira preferida dos surfistas - ou com o auxílio de um barquinho (sempre tem um aguardando os visitantes e pronto para fazer a travessia).

Subir a pedra do Urubu: Vista espetacular das belas praias<br>
Subir a pedra do Urubu: Vista espetacular das belas praias
Foto: Chele

Prainha e pedra do Urubu têm fácil acesso por trilhas e paisagens paradisíacas

Considerado um dos melhores points para prática do surf, Guarda não é reduto apenas dos adeptos do esporte. Turistas de diversos cantos lotam a praia no verão em busca dos cenários paradisíacos como os descortinados na Prainha e na pedra do Urubu, ambos acessíveis por trilhas fáceis. 

A beleza da área e seus arredores permanece intocada graças ao Parque da Serra do Tabuleiro, que abrange parte do vilarejo e abriga cachoeiras, rios e animais silvestres. 


Preservação, aliás, é a palavra de ordem na área - de abril a julho, período da pesca da tainha, a prática de esportes náuticos, inclusive o surf, é proibida.

No quesito badalação, Guarda mantém o clima de colônia de pescadores. Não há grandes agitos na noite, nem variedade de restaurantes estrelados. Talvez seja por estes motivos que, às dez da manhã, as poucas vagas de estacionamento nas redondezas da praia já estejam tomadas...

Descobrindo Guarda do Embaú Guia completo por Editoria Férias Brasil

Em destaque > O que ver e fazer

E mais

Planeje sua ida