Apenas 13 quilômetros separam as belezas de Niterói da Cidade Maravilhosa. Uma visita já se justificaria pela bonita paisagem que se tem dos principais pontos turísticos do Rio de Janeiro. Entretanto, a cidade oferece muito mais. O Museu de Arte Contemporânea (MAC), o Complexo dos Fortes, o conhecido Mercado de Peixe, o comércio diversificado, a gastronomia e as belas praias fazem de Niterói um passeio obrigatório para quem visita a capital.  

Praia de Itacoatiara: Vista do Costão é surpreendente<br>
Praia de Itacoatiara: Vista do Costão é surpreendente
Enviada por Evelyn Apolonio

Emoldurada por morros, praia de Itacoatiara tem águas cristalinas e vegetação abundante

A cidade tem no nome de origem indígena uma fina ironia. Nitcheroy, em tupi-guarani, significa água escondida, por causa de sua posição segura em relação a ataques inimigos. E, de fato, suas praias são o refúgio dos cariocas e suas belezas nem sempre são conhecidas pelos próprios brasileiros.

Mais do que uma cidade dormitório ao lado de uma metrópole, como alguns poderiam pensar, Niterói é dona de uma geografia privilegiada. São 11 quilômetros de praias, além de uma vista para o Pão de Açúcar e outras belezas cariocas. Até o Cristo Redentor, no alto do Corcovado, integra a paisagem local. Para apreciar o belo conjunto formado pelas belezas naturais das duas cidades, siga para o Parque da Cidade, perfeito para garantir belas fotos da região.

Nos seus 11 quilômetros de areias banhadas pelo mar, Niterói tem dois tipos de praia, as que estão sob o abrigo da Baía de Guanabara e as que se estendem pela Região Oceânica. No primeiro grupo, destaca-se a área urbanizada, com avenidas e mercado imobiliário tão escaldante como a orla. É o caso de Icaraí, cortada pelo calçadão para passeios a pé ou de bicicleta.

No quesito belezas naturais, o balneário também não deixa a desejar. Além da vista para o Rio, abriga as Pedras do Índio e de Itapuca. Entre as praias de baía, se sobressaem São Francisco e Charitas, também agitadas à noite. Quando o oceano banha Niterói, os encantos da natureza também afloram. Itacoatiara é o melhor exemplo. Mais distante do Centro, tem paisagem marcada por águas cristalinas e vegetação abundante entre uma moldura de morros. É pico de surfistas, com movimento não só durante os campeonatos. A primeira praia oceânica niteroiense, Piratininga, merece destaque por sua natureza.

Alem das praias, Niterói tem como cartão-postal o Museu de Arte Contemporânea, ou MAC, como é conhecido. O prédio tem a assinatura inconfundível de Oscar Niemeyer, em formas pensadas para interagir com a paisagem. Erguida no Mirante de Boa Viagem, a construção parece levitar sobre a Baía de Guanabara - especialmente pelo espelho d'água na base que se funde com o mar.

O museu, por si só, já é uma atração. Subir a rampa e vislumbrar a costa de Niterói e os morros cariocas já vale a visita. Mas compensa pagar ingresso para conhecer o interior do MAC, dono de um panorama deslumbrante com as janelas em 360 graus. O acervo de mais de mil obras da coleção João Sattamini e de doações de artistas contemporâneos é o argumento final para a visita.

Mais informações sobre Niterói

DDD 21

Distância do Rio de Janeiro
13 km - acesso pela Ponte Rio-Niterói

Disque Turismo
Tel: 0800-282-7755

http://www.neltur.com.br