Maior ilha da baía de Angra dos Reis, Ilha Grande reúne mais de cem praias - entre elas, algumas das mais bonitas do Sudeste brasileiro, como Lopes Mendes, Aventureiro e Cachadaço. O arquipélago, entretanto, oferece mais que cenários idílicos. As águas cristalinas abrigam rica vida marinha; as trilhas em meio à mata Atlântica que levam às enseadas descortinam ainda rios e cachoeiras; e o clima rústico é garantido pela informalidade da Vila do Abraão, o centrinho da ilha, e a ausência de carros - para chegar lá, só de barco, partindo de Angra ou Mangaratiba, em viagem de cerca de uma hora e meia.

Praia do Aventureiro: Cenário é pura perfeição!<br>
Praia do Aventureiro: Cenário é pura perfeição!
Foto: Roberto Freitas
O acesso pouco convencional é apenas um dos fatores que contribui para que a Ilha Grande continue com o astral de aldeia de pescadores, embora nos feriados e na alta temporada o movimento seja intenso. Os outros motivos ficam por conta da transformação da região em Parque Estadual e Reserva Biológica, o que colaborou para por fim aos acampamentos e construções irregulares.

Também a existência de um presídio de segurança máxima - desativado em 1994 - contribuiu para o isolamento da ilha por muitas décadas.

Barcos levam à Lagoa Azul, aquário natural e um dos cartões-postais da região


A natureza exuberante faz com que o dia comece cedo na Ilha Grande - não dá para dormir muito levando em conta a infinidade de atrativos a serem descobertos durante os passeios. De barco, chega-se à Lagoa Azul, aquário natural e um dos cartões-postais da região em função da transparência das águas e da quantidade de peixes coloridos e estrelas-do-mar. 

Para os mergulhadores credenciados, os pontos de parada são os muitos naufrágios e as lajes repletas de tartarugas, robalos e moréias. Já caminhando - há trilhas para todas as praias -, o roteiro principal é o que conduz à paradisíaca paisagem formada pelas areias finas e brancas e o mar azul esverdeado de Lopes Mendes.

Para entrar no clima da ilha, circule pela Vila do Abraão, onde estão pousadas, restaurantes simples e bares com espaço de sobra para dançar forró a noite toda. Já para experimentar os melhores pratos de frutos do mar da região, inclua no passeio de barco a enseada do Saco do Céu. Por lá estão o rústico Coqueiro Verde e o sofisticado Reis e Magos, que servem moquecas e paellas à altura das vistas que descortinam.

Descobrindo Ilha Grande Guia completo por Editoria Férias Brasil

Em destaque > O que ver e fazer

E mais

Planeje sua ida