Descanso é a palavra de ordem em Poços de Caldas, bucólica estância hidromineral no Sul de Minas Gerais. Suas águas - com propriedades alcalinas, sulfurosas, radioativas e termais - atraem famílias e casais que chegam para conferir de perto a fama dos relaxantes banhos de imersão e percorrer as dezenas de fontes espalhadas pela cidade.

Fonte do Leãozinho: Atrações se espalham por toda a cidade<br>
Fonte do Leãozinho: Atrações se espalham por toda a cidade
Foto: Rossmaly - Setur Poços de Caldas
Mas Poços de Caldas também é festeira e têm programação intensa durante o inverno, com festejos animados pelo folclore e regados a delícias típicas mineiras como batidas e caldos.

Já os quitutes tradicionais, como doces e queijos, são encontrados nas feirinhas de artesanato que acontecem aos domingos nas pracinhas da cidade. Ainda no quesito compras, a tradição dos cristais de Murano é mantida na região. Três fábricas são abertas à visitação, permitindo acompanhar todo o delicado processo de produção das peças.

A tradição dos cristais de Murano é mantida na cidade, que abriga fábricas e lojas exclusivas


Tão valioso quanto o cristal é o acervo cultural de Poços de Caldas, com museus e espaços culturais abrigados em antigos cassinos que remetem aos tempos da jogatina e dos bailes luxuosos.

O jogo acabou, mas os turistas continuam chegando – agora, atraídos pela natureza privilegiada. A cidade se tornou ponto de encontro dos adeptos do vôo livre e do trekking, que encontram na Serra de São Domingos as condições ideais para a prática de atividades radicais. Além de rampa de decolagem e trilhas, o morro abriga ainda uma estátua do Cristo Redentor, acessível por teleférico.

Descobrindo Poços de Caldas Guia completo por Editoria Férias Brasil

Em destaque > O que ver e fazer

E mais

Planeje sua ida