Pirenópolis já encantava os turistas antes mesmo de ser apresentada ao Brasil como a cidade dos "Dois filhos de Francisco". Terra natal da dupla sertaneja Zezé Di Camargo & Luciano e cenário do filme que conta a trajetória dos músicos, a pequena Piri é famosa pelo preservado casario colonial e pelas singelas igrejinhas espalhadas por ladeiras e ruas de pedra.

Cachoeiras da Meia-Lua e da Usina Velha: Cidade é cercada por quedas d´água  -
Cachoeiras da Meia-Lua e da Usina Velha: Cidade é cercada por quedas d´água - Foto: Lidi

Cidade fica lotada durante a tradicional Festa do Divino


Nos arredores, a cidade esconde reservas ecológicas repletas de cachoeiras perfeitas para banhos ou prática de atividades como o rapel. 

Tem ainda trilhas para caminhadas que levam aos mirantes naturais da Serra dos Pirineus; rios para a prática de rafting e bóia-cross; e fazendas históricas, como a Babilônia, que guardam memórias e lembranças do século 18.

Com boa infraestrutura de hospedagem e serviços, Pirenópolis tem movimento constante nos finais de semana. Mas a cidade fica lotada, de verdade mesmo, é durante as comemorações da Festa do Divino, considerada uma das manifestações folclóricas mais bonitas do Brasil.

São três dias de evento, sendo a Cavalhada o ponto alto dos festejos - trata-se de uma encenação onde os cavaleiros revivem lutas medievais envolvendo mouros e cristãos. A festa tem data móvel e acontece 45 dias depois da Páscoa.

Descobrindo Pirenópolis Guia completo por Editoria Férias Brasil

Em destaque > O que ver e fazer

E mais

Planeje sua ida